segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

QUE LINDO CAMELO

ADULTOS »»»» MAS QUE GOLAÇO

video

CUIDADO NO FALARI


Descuidos?

Três amigas alentejanas estavam na conversa, quando uma delas comenta com a outra sobre as suas relações sexuais com o marido:
-Nunca te aconteceu, quando fazes amor com o Carlos, tocares nos tomates dele e estarem frios?
-A outra responde:
-Sim, sempre que nós fazemos amor eu percebo que estão frios. -
E tu, quando o fazes com o Rafael?
-Sim, estão sempre frios! Responde a outra.

Nisto, diz a alentejana loira:
-Bom, nunca parei para
reparar nesse detalhe mas, esta noite, quando tiver com o Maneli, vou tocá-los para ver.
-Está bem, então amanhã contas como foi! Dizem as outras.

No dia seguinte, a alentejana loira aparece toda cheia de hematomas, os olhos roxos e sem alguns dentes. As amigas ficaram surpreendidas, perguntaram o que lhe aconteceu e a outra responde muito nervosa:
-A culpa é toda vossa!!!
-Mas porquê? Perguntam as amigas.
-Porque quando toquei nos tomates do Maneli disse:
-"Ai Maneli, porque é que tu não tens os tomates frios como os do Carlos e os do Rafaeli?"...
.

 UM  CORAÇÃO  NAS  MÃOS






.

ALMORRÓIDA CIENTÍFICA


SENSEWALL





SenseWall: Universidade de Coimbra apresenta 
“parede” interactiva multi-toque
A SenseWall é um grande ecrã interactivo desenvolvido em Coimbra. Tão grande que lhe chamam “parede” interactiva. O projecto foi desenvolvido ao longo dos três últimos anos por um grupo de jovens investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e já deu origem a dois produtos, um dos quais criado para a Microsoft Portugal.
Melhor do que explicar, o melhor é ver. Neste endereço - http://vimeo.com/8660060 - o leitor poderá entender melhor o que é o que permite fazer a SenseWall. Durante a demonstração é possível ver os jovens investigadores a tocarem, simultaneamente, na superfície que tem 3 metros de comprimento e 1,5 m de altura.

Em comunicado, os investigadores indicam que a fabricação desta “parede” interactiva é um “grande avanço para as tecnologias de interacção multi-toque”.

Deste projecto já resultaram dois produtos: o Touchbloom, uma superfície multi touch transportável criada para a Microsoft Portugal que a utilizou para a demonstração do Windows 7 e o Puddle of Life, um jogo interactivo sobre a Teoria da Evolução, desenvolvido para o Museu da Ciência da Universidade de Coimbra (cuja demonstração pode ser vista aqui: http://vimeo.com/9235692).

Outra característica importante desta nova solução tecnológica é a sua “flexibilidade”. “A SenseWall permite desenhar, a baixo custo, ambientes multisensoriais de grandes dimensões para inúmeras áreas, desde a educação, turismo e serviços até à gestão de mobilidade nos grandes centros urbanos”, sublinham os investigadores Miguel Antunes, Tiago Serra e Tony Gonçalves.

Texto in "PÚBLICO"
13/12/10

M I L A G R E



O CARRO DE DEUS É AMARELO



PEDRO NORTON








Dúvidas e inquietações

Vão-se multiplicando, de forma mais ou menos explícita, as referências a uma suposta influência crescente da Maçonaria nos seio dos grandes partidos do regime


1 - Em 1935, a 19 de janeiro para ser mais exato, o deputado José Cabral apresenta, na Assembleia Nacional, o Projeto de Lei n.º 2. A ideia, só aparentemente escondida atrás da expressão hipócrita "associações secretas", era, muito prosaicamente, liquidar a Maçonaria Portuguesa. Significativamente, no preâmbulo do referido projeto afirma-se que as ditas associações secretas "estão contaminando a sociedade nos seus mais essenciais elementos, corrompendo o Estado, por uma ação dissolvente sobre os seus órgãos e comprometendo, por vezes, a honra e a vida dos seus melhores servidores".

A proposta motivou, pelo menos, duas importantes reações públicas. Em 4 de fevereiro de 1935, Fernando Pessoa publica, no Diário de Lisboa, um ataque violento ao Projeto do "Sr. José Cabral, que, se não é dominicano, deveria sê-lo, de tal modo o seu trabalho se integra, em natureza, como em conteúdo, nas melhores tradições dos Inquisidores."

Alguns dias antes, em 31 de janeiro desse mesmo ano de 1935, o general Norton de Matos (meu tio-bisavô), Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano, dirigira já ao presidente da Assembleia Nacional, José Alberto dos Reis, uma carta aberta onde faz uma defesa frontal e corajosa da Maçonaria Portuguesa. É uma missiva curta, clara e incisiva em que procura demonstrar que o epíteto "sociedade secreta" não é aplicável à instituição de que se diz "chefe" e em que passa em revista os princípios e a moral que servem de "eterna norma" à Maçonaria. Retenho, em particular esta passagem: "Mandam-nos os preceitos maçónicos que tenhamos sempre para as crenças puras e convicções sinceras dos nossos semelhantes uma dignificadora tolerância, que afirmemos sempre a liberdade de consciência e de pensamento, que reprovemos todas as perseguições de natureza religiosa ou política, todas as injustiças, todas as violências, todas as humilhações, todos os atentados contra a dignidade do homem. (...) Cada Maçon, individualmente, tem por supremo fim fugir da escravatura voluntária, quer ela se apresente sob qualquer dos pontos de vista material, moral ou intelectual."

2 - Pouco mais sei acerca da realidade maçónica. A bem dizer, sou um ignorante na matéria. E assim sendo, no lugar de certezas, tenho só dúvidas e inquietações. Mas essas, não posso escondê-lo, tenho-as e tenho-as de forma crescente. À medida que, na Imprensa, se vão multiplicando, de forma mais ou menos explícita, as referências a uma suposta influência crescente da Maçonaria no seio dos grandes partidos do regime, à medida que vejo o seu nome, justa ou injustamente, associado a interesses, a negócios, a nomeações, a demissões e até a espiões, pergunto-me quem andará, neste Portugal de 2010, mais longe da verdade: se os que acreditam, como acreditava o meu tio-bisavô, que os maçons se esforçam "por constituir em cada país uma elite, sob o ponto de vista moral e cultural", se os que defendem, como defendia José Cabral e a sua lei de má memória, que a Maçonaria está "contaminando a sociedade nos seus mais essenciais elementos, corrompendo o Estado, por uma ação dissolvente sobre os seus órgãos e comprometendo, por vezes, a honra e a vida dos seus melhores servidores". 

IN "VISÃO"
01/12/10

VAMOS DOAR

video

BOMBAS DE GASOLINA



video

clique 2xs para ampliar o texto

NA ISLÂNDIA


Suspeitos de afundarem finanças islandesas começam a ser detidos

Dois ex-directores do banco islandês Kaupthing, nacionalizado de urgência em 2008, foram presos esta quinta-feira. Mas a lista de possíveis detidos envolve mais de 125 personalidades, segundo a imprensa.
Os directores de bancos islandeses que arrastaram o país para a bancarrota em finais de 2009 foram presos por ordem das autoridades, sob a acusação de conduta bancária criminosa e cumplicidade na bancarrota da Islândia.
Os dois arriscam-se a uma pena de pelo menos oito anos de cadeia, bem como à confiscação de todos os bens a favor do Estado e ao pagamento de grandes indemnizações.
A imprensa islandesa avança que estas são as primeiras de uma longa lista de detenções de responsáveis pela ruína do país, na sequência do colapso bancário e financeiro da Islândia.
Na lista de possíveis detenções nos próximos dias e semanas estão mais de 125 personalidades da antiga elite política, bancária e financeira, com destaque para o ex-ministro da Banca, o ex-ministro das Finanças, dois antigos primeiros-ministros e o ex-governador do banco central.
A hipótese de cadeia e confiscação de bens paira também sobre uma dezena de antigos deputados, cerca de 40 gestores e administradores bancários, o antigo director da Banca, os responsáveis pela direcção-geral de Crédito e vários gestores de empresas que facilitaram a fuga de fortunas para o estrangeiro nos dias que antecederam a declaração da bancarrota.
Em Outubro de 2008, o sistema bancário islandês, cujos activos representavam o equivalente a dez vezes o Produto Interno Bruto do país, implodiu, provocando a desvalorização acentuada da moeda e uma crise económica inédita.
Nós por cá… todos bem

enviado por BÉ

ROBERTO CARLOS

DISCURSO FÚNEBRE DE UMA VIÚVA

video

TORNADOS

FIGUEIRA DA FOZ

CINTO DE SEGURANÇA

Um polícia Sul-Africano parou um carro de Moçambicanos e disse ao motorista
que, porque estava a usar o seu cinto de segurança, tinha ganho um prémio de
R5 000, como parte de uma campanha de segurança nas estradas.

O homem mal quis acreditar na sua sorte e quando o polícia perguntou o que
pretendia fazer com o dinheiro, respondeu:

"Bom, eu vou tirar a minha carta de condução".

"Oh, não lhe dê ouvidos, Sr. Polícia" gritou a mulher no assento de
passageiro. "ele pensa que é engraçado quando está bêbado."

Com isto acordou o tipo no assento traseiro que deitou um olhar ao polícia e
resmungou, "Eu sabia que não chegaríamos longe num carro roubado!"

Nesse momento, ouviram-se batidas vindas da bagageira e uma voz disse:
"Comé? Já atravessamos a fronteira?"

4 - AS PRAIAS HÁ 100 ANOS ATRÁS

clique para ampliar



TENHA UM BOM DIA....


... o descrédito é cada vez maior

COMPRE JORNAIS

Europeu Corta-Mato: Jessica Augusto campeã
Portugal vence coletivamente
Jessica Augusto venceu este domingo o Europeu de Corta-Mato, que se disputou na pista das Açoteias, em Albufeira. A turca Binnaz Uslu foi segunda e Dulce Félix completou o pódio.
A seleção portuguesa sagrou-se campeã em termos coletivos (19 pontos), tendo colocado cinco atletas nos 10 primeiros lugares.
Jessica Augusto, que há precisamente dez anos se tinha sagrado campeã europeia de juniores de corta-mato e já tinha sido segunda classificada em seniores em 2008, teve uma prestação excelente, conseguindo a primeira medalha de ouro individual como sénior.
"RECORD"

PEDINCHAR À DITADURA NÃO É CONTRA-NATURA
Primeiro dia de Teixeira dos Santos 
em Pequim "correu bem"
Responsáveis portugueses manifestaram-se hoje satisfeitos com os contactos em Pequim do ministro das Finanças.
"Tem estado tudo a correr muito bem", disse fonte portuguesa após as reuniões de Teixeira dos Santos com o seu homólogo chinês, Xie Xuren, e com o governador do Banco Central da China, Zhou Xiaochuan.
Os encontros estão relacionados com a disponibilidade da China para comprar parte da dívida portuguesa, manifestada durante a visita a Portugal do Presidente chinês, Hu Jintao, há cerca de um mês.
"DIÁRIO ECONÓMICO"

DE QUAIS PORTUGUESES???
Hong Kong é o paraíso fiscal dos portugueses
Hong Kong ocupa o primeiro lugar do "ranking" de "offshores" e territórios com tributação privilegiada escolhidos pelos portugueses para enviar as suas poupanças.
Conforme noticia o "Jornal de Negócios", no ano passado foram transferidos de Portugal para Hong Kong cerca de 216,5 milhões de euros, o equivalente a quase 30% do total deste tipo de transferências.
O levantamento foi efectuado pelo Ministério das Finanças que revela que em 2009, empresas e pessoas singulares efectuaram um total de 5.504 transacções para paraísos fiscais, o correspondente a 783,5 milhões de euros.
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

QUEM DUVIDA???
Pobreza vai aumentar
O secretário-geral do PCP alertou ontem que a pobreza vai aumentar em 2011 com o novo Orçamento do Estado.
'Infelizmente, quando entrarem em vigor as medidas do Orçamento do Estado para 2011, tendo em conta que se vai reduzir salários, congelar reformas, aumentar os impostos e reduzir o investimento, inevitavelmente que a vida vai piorar para a maioria dos portugueses', afirmou Jerónimo de Sousa.
Para o líder dos comunistas, a existência de 300 mil portugueses a passar fome no País 'resulta fundamentalmente de uma política de destruição do aparelho produtivo e da produção nacional, do aumento do desemprego e do aumento das injustiças na repartição da riqueza',
Jerónimo de Sousa defendeu uma 'rutura', nas políticas no sentido de 'valorizar o que temos de bom no País e a capacidade de resposta do país na criação de mais emprego',
O líder comunista classificou ainda de 'nova machadada', a criação de um fundo público para o Governo ajudar os patrões a pagar indemnizações de despedimentos.
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

ESPIONAGEM À SOLTA
BE exige que Banco de Portugal explique 
alegadas negociações entre BCP e Irão
O BE exige que o Banco de Portugal explique as alegadas negociações entre o Millenium/BCP e o Irão, divulgadas pelo jornal "El Pais", pelo que irá entregar hoje, segunda-feira, no Parlamento, um requerimento com várias questões.
De acordo com o "El Pais", o presidente do Millenium/BCP, Carlos Santos Ferreira, terá proposto ao Governo norte-americano fornecer informações sobre as actividades financeiras realizadas pelo Irão, a troco de a instituição bancária não sofrer sanções nos Estados Unidos.
"Atendendo a que a disponibilidade demonstrada pelo presidente do Millenium/BCP junto do governo dos Estados Unidos violaria grosseiramente o dever de confidencialidade devido pelas instituições bancárias, podendo configurar crime, ao abrigo das disposições legais em vigor, importa um esclarecimento cabal sobre estes documentos", lê-se num comunicado do deputado bloquista Jorge Costa.
Num requerimento que vai entregar na Assembleia da República, Jorge Costa coloca várias perguntas a que exige resposta, entre as quais se o Banco de Portugal teve conhecimento do alegado interesse do BCP em negociar com instituições bancárias do Irão e, assim, "quebrar o dever legal de confidencialidade devido aos seus clientes".
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

NÃO É SÓ BOM DE BOLA
Helton actua na Casa da Música
Helton vai actuar hoje na Casa da Música, no espaço mais nobre daquele espaço, a Sala Suggia, acompanhado de mais dez amigos, portugueses e brasileiros.
O guarda-redes vai estar na bateria de um grupo que se dedica ao estilo gospel. Paixão pela música e também pela religião, uma vez que o guardião é um praticante da Igreja Pentecostal Shalom, em Canidelo, Gaia.
O concerto do grupo (Ministério Shalom) vai começar pelas 20 horas e está aberto a 700 convidados. O grupo já gravou um CD, com 14 temas.
"A BOLA"

 ERROS INADMISSÍVEIS
Ordem admite erros sem indemnização
A poucos dias de abandonar o cargo de bastonário da Ordem dos Médicos, Pedro Nunes reconheceu ontem a existência de casos "em que houve coisas que correram mal, erros que foram feitos e pessoas que deviam ter sido indemnizadas mas não se conseguiu atempadamente fazê-lo".
Em entrevista à Lusa, Pedro Nunes referiu que a Ordem dos Médicos recebe mais de 500 queixas de doentes por ano, mas que o organismo não tem capacidade de resposta para as avaliar em devido tempo. Por isso, muitas queixas de doentes não tiveram a atenção que deviam.
Pedro Nunes refere-se, por exemplo, ao caso do oftalmologista holandês que operou quatro pessoas numa clínica em Lagoa, no Algarve – três ficaram cegas de um olho e a uma cegou dos dois olhos. O bastonário salienta que a Ordem tinha desde 2004 em investigação uma queixa contra o médico holandês, interposta por um doente. Só que "não foi possível analisá-la atempadamente", reconhece.
"CORREIO DA MANHÃ"

EM 2010 UPA UPA
18,5% dos portugueses estavam 
em risco de pobreza em 2008
Mais de 1,9 milhões de portugueses encontravam-se em risco de pobreza, em 2008. O que corresponde a 18,5% da população. Portugal é o décimo país da União Europeia com o índice mais elevado.
O Eurostat publicou um estudo onde revela quais os níveis de pobreza e exclusão social, com os números a reportarem-se a 2008.
Portugal tinha 1,96 milhões de pessoas em risco de pobreza, já considerando o pagamento de apoios sociais. Este número representa 18,5% da população, e corresponde ao 10º país entre os 27 membros da União Europeia.
A média da região era de 16,5%, em 2008, com os valores a variarem entre 25,6% na Letónia e 9% na República Checa. Isto no indicador de risco de pobreza. No total da União Europeia existiam na altura mais de 81 milhões de pessoas com este risco.
O Eurostat analisou ainda a população que tem privações materiais relevantes, como não serem capazes de pagar as suas contas, manter as suas casas aquecidas de forma adequada, ter um carro ou um telefone. Nestas condições encontrava-se 8,5% da população da União Europeia, em 2008.
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

INDUBITAVELMENTE UM ASSALTO AO NOSSO BOLSO
PR: Cavaco promulga lei financiamento 
dos partidos apesar das soluções 
"indubitavelmente questionáveis" que propõe
O Presidente da República promulgou hoje a nova lei do financiamento dos partidos considerando que, apesar de incluir opções normativas "indubitavelmente questionáveis", "é imperativo" reduzir as subvenções públicas e os limites máximos dos gastos nas campanhas eleitorais.
"Não envolvendo o ato de promulgação de um diploma legal uma adesão a todas as soluções normativas nele inscritas, considero que a redução das subvenções públicas e dos limites máximos dos gastos nas campanhas eleitorais representa, na atual conjuntura, um imperativo à luz do qual se deve subordinar a consideração das diversas questões suscitadas pelo presente decreto", lê-se numa mensagem do chefe de Estado divulgada no site da Presidência da República.
"i"

NÃO MAIS QUE UM "YESS MAN"
Diplomatas revelam que Sócrates 
permitiu aos EUA utilizar as Lajes 
para repatriar presos de Guantánamo
Diplomatas dos EUA em Portugal referem que o primeiro-ministro português José Sócrates permitiu aos Estados Unidos utilizar a base aérea das Lajes para repatriar presos de Guantánamo, revela o El País.
O diário espanhol cita os telegramas da embaixada dos EUA em Lisboa enviados ao Departamento de Estado, que constam da documentação da Wikileaks.
Num telegrama de Setembro de 2007, a embaixada norte-americana congratula-se pelo primeiro-ministro “ter permitido aos Estados Unidos utilizar a Base das Lajes nos Açores para repatriar presos de Guantánamo”. Esta autorização foi avaliada pelos próprios diplomatas “como uma decisão difícil que nunca foi tornada pública”. Pelo que, de acordo com o jornal, o teor da comunicação é de agradecimento. Quatro meses depois, a 30 de Janeiro de 2008, Sócrates asseverou no Parlamento que o Governo “nunca” tinha recebido qualquer pedido dos EUA “para sobrevoo do nosso espaço aéreo ou para aterragem na Base das Lajes de aviões que se destinassem ao transporte ou à transferência de prisioneiros”. E acrescentou: “Nenhum membro do Governo faltou à verdade sobre este caso.”
"PÚBLICO"

1 - HOMENS ATREVIDOS

SONHOS

video

JORNAIS DE HOJE