quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

3 - JOSÉ VILHENA




CAPUCHINHO VERMELHO

 CAPUCHINHO VERMELHO

Tás a ver uma dama com um gorro vermelho? Yah, essa cena! A pita foi tava a bater mal, tázaver? E então disse-lhe:
- Ouve, nem te passes! Népia dessa cena de ires pelo refundido das árvores, ; que salta-te um meco marado dos cornos para a frente e depois tenho a bófia à cola!
 - Pá, a pita enfia a carapuça e vai na descontra pela estrada, mas a toca da velha era bué longe, e a pita cagou na cena da kota dela e enfiou-se pelo bosque. Népia de mitra, na boa e tal, curtindo o som do iPod...
-  É então que, ouve lá, salta um baita dog marado, todo chinado e bué> ugly gt; mêmo, que vira-se pa ela e grita::
- Yoo, tá td? Dd tc?
- Tásse... do gueto alí! E tu... tásse? - disse a pita
- Yah! E atão, q se faz?
- Seca, man! Vou levar o pacote à velha que mora ao fundo da track, que tá  kuma moka do camano!
- Marado, marado!... Bute ripar uma até lá?
 - Epá, má onda, tázaver? A minha cota não curte dessas cenas e põe-me de pildra se me cata...
- Dasse, a cota não tá aqui, dama! Bute ripar até à casa da tua velha, até  te dou avanço, só naquela da curtição. Sem guita ao barulho nem nada.
- Yah prontes, na boa. Vais levar um baile katéte passas!!! E lá riparam. Sóque o dog enfiou-se por um short no meio do mato e chegou à toca da velha na maior, com bué avanço, tázaver?
Manda um toque na porta, a velha 'quem é e ocamano' e ele 'ah etal, e não sei quê, que eu sou a pita do gorro vermelho e na na na...'. Avelha abre a porta e PIMBA, o dog papa-a toda... Mas mesmo, abre a bocarra e o camano e até chuchou os dedos...O mano chega, vai ao móvel da velha, saca uma shirt assim mêmo à velha que a meca tinha lá, mete uns glasses na tromba e enfia-se no VL... o gajo tava bué abichanado mêmo, mas a larica era muita e a pita era à maneira, tásaver? A pita chega, e tal, e malha na porta da velha.
- Basa aí cá pa dentro! - grita o dog.
- Yo velhita, tásse?
- Tásse e tal, cuma moca do camâno... mas na boa...- Toma esta cena, pa mamares-te toda aí...
- Bacano, pa ver se trato esta cena.
- Pá, mica uma cena: pa ké esses baita olhos, man?
- Pá, pa micar melhor a cena, tázaver? 
- Yah, yah... E os abanos, bué da bigs, pa ke é? 
- Pá, pa poder controlar melhor a cena à volta, tázaver?
- Yah, bacano... e essa cremalheira toda janada e bué big?
- Pa que é a cena?
- É PA CHINAR ESSE CORPO TODO!!! GRRRRRRRR!!!!
 E o dog manda-se à pita, naquela mêmo de a engolir, né? Só que a pita dá-lhe à brava na capoeira e saca um back-kick mesmo directo aos tomates do man e basa porta fora! Vai pela rua aos berros e tal, o dog vem atrás e dá-lhe um  ganda-baite, pimba, mêmo nas nalgas, e quando vai para engolir a gaja  aparece um meco daqueles que corta as cenas cum serrote, saca de machado e afinfa-lhe mêmo nos cornos. O dog kinou logo alí, o mano china a belly do dog e saca de lá a velha toda cheia da nhanha. 
- Ina man, a malta a  gregoriar-se toda!!! E prontes, já tá...

2 - TOP TEN


WOODY WOODPECKER - O BARBEIRO DE SEVILHA

3 - AULA DE ETIQUETA »»» EVITE GAFES NOS ALMOÇOS DE NEGÓCIOS, QUER APRENDER...


... OU JÁ SABE TUDO??

FRANCISCO MOITA FLORES



Mortos por dentro

Para uns, foi crime. Para outros, acidente. E ainda hoje não sei. É o pior resultado possível. Não saber.

Eu estava lá nessa noite. Chegáramos de Cascais, o meu amigo Luís Rendeiro e eu, depois de prendermos dois assaltantes que haviam roubado a casa do Raul Indipwo, do Duo Ouro Negro. Metemo-los na zona prisional e fomos ao Piquete, onde o nosso Chefe Lourenço Ferreira comandava os polícias que estavam de serviço. Eram mais ou menos oito horas. A noite estava fria e a maioria dos colegas ou estava na rua, investigando crimes e catando criminosos, ou jantava à volta da PJ. Ficámos na conversa. O serviço de Piquete é isto ao longo das 24 horas. Os dias nunca são iguais. Por vezes, começam a chegar dezenas de notícias de crimes que põem o pessoal em alvoroço desde as oito e meia da manhã e não deixam ninguém em paz até à rendição no dia seguinte à mesma hora. Noutra vezes corre mole, sem que os telefones toquem, indolentes, com uma mansidão que se torna insuportável.

E de repente, a qualquer hora, os telefones começam a crepitar e tudo se transforma em vendaval de trabalho. Nunca percebi a regularidade da vida do Piquete, talvez porque vive tão perto do pulsar da vida que nada é previsível. Uma semana sem homicídios. De repente, num só dia quatro homicídios. Uma semana sem assaltos à mão armada. E, de repente, uma semana com vinte assaltos à mão armada. Um verdadeiro ruído de vida e morte que escapa a qualquer previsão.

Nesse tempo havia uma bateria de telefones no Piquete. Talvez uns oito. Cinzentos, feitos de uma fibra que os tornava mais leves que os telefones vulgares e ligados à central da PJ. E havia um que era preto, dos antigos, pesados. Era o único ligado directamente à linha de emergência da PSP. Quando este tocava sabia-se que do outro lado vinha notícia de borrasca. E, de súbito, tocou. O Chefe atendeu. Lembro-me que nos pediu uma caneta para apontar a informação. Quando? Onde? Mas está a falar a sério? Dê-me a sua identificação. Não leve a mal, só que a notícia….sim, obrigado. Vou mandar o meu pessoal. Ficámos alerta. Pousou o telefone. Olhou--nos e disse: acaba de cair um avião com o primeiro--ministro e o ministro da Defesa a bordo. O Piquete saltou da preguiça. Todas as equipas para Camarate! O resto é do domínio público.

A investigação continuaria já longe dos nossos olhos. Para uns mal feita, para outros bem feita. Para uns, foi crime. Para outros, acidente. E ainda hoje não sei. É o pior resultado possível. Não saber. E sei que isso deixa mortos por dentro todos os verdadeiros polícias que não se conformam com dúvidas. E gostaríamos de saber! 

Professor Universitário

IN "CORREIO DA MANHÃ"
05/12/10

CUIDADO COM OS TROCOS


OBRIGATÓRIO AMPLIAR


VAMOS AJUDAR


Ajude com carinho se puder, pois basta pelo menos divulgar esta informação pelos seus  contactos, pois este logo terá passado por uns milhares de pessoas e, quem sabe, conseguimos ajudar?






Ana Patrícia Ribeiro Fernandes, de 4 anos, reside em Murça Trás-os-Montes, está neste momento internada no IPO do Porto e precisa urgentemente de encontrar um doador de medula.

Para tipagem de doador dirijam-se ao Hospital Pulido Valente ou ao Centro de Histocompatibilidade do Porto no Hospital de S.João de segunda a quinta das 8h ás 16h e sextas das 8h ás 15h.

Vamos tentar ajudar a encontrar um doador compatível. Se não puder ser doador basta passar esta mensagem ao maior número de pessoas possível.
Obrigada/o!

OBESOS »»»» IMAGENS

UTE LEMPER - MACK THE KNIFE

ALMORRÓIDA JUSTIÇADA


Tribunal europeu condena Estado português 
a pagar 83 mil euros ao PÚBLICO

O Tribunal Europeu dos Direitos do Homem deu razão ao PÚBLICO no chamado caso das dívidas fiscais do Sporting e condenou o Estado português a pagar uma indemnização de 83 mil euros ao jornal.
Em causa estava uma notícia publicada em 2001, sobre dívidas fiscais do Sporting. Na edição de 22 de Fevereiro, o PÚBLICO noticiou que o clube de Alvalade estava em dívida com o Fisco, por uma verba de 460 mil contos (cerca de 2,3 milhões de euros), situação que o Sporting negou, alegando que todas as suas verbas em atraso tinham sido abrangidas pelo chamado Plano Mateus, um programa excepcional de regularização de dívidas.
O Sporting recorreu aos tribunais para defender o seu bom-nome, mas o Tribunal de primeira instância ilibou o PÚBLICO e os jornalistas José Manuel Fernandes, João Ramos de Almeida, António Arnaldo Mesquita e José J. Mateus, sentença que viria a ser confirmada pelo Tribunal da Relação de Lisboa, em 19 de Setembro de 2006.

Em Março de 2007, no entanto, o Supremo Tribunal de Justiça inverteu a decisão, condenando o jornal ao pagamento de 75 mil euros ao Sporting, por afectação negativa do seu crédito e bom-nome, considerando que, numa situação que considerou como "fluida" quanto à existência da dívida fiscal, "não havia concreto interesse público na divulgação do que foi divulgado.”
O PÚBLICO recorreu depois para o Tribunal Europeu do Direitos do Homem, que agora deu razão ao jornal.
Num acórdão divulgado nesta terça-feira, o tribunal sediado em Estrasburgo defende que o artigo em causa era “manifestamente de interesse geral” e considera que o jornal tinha uma “base factual suficiente para publicar o artigo”, incluindo um documento das Finanças com o valor em dívida.

O TEDH refere ainda que “nada leva a pensar" que o jornal “faltou aos seus deveres e responsabilidades (...) ou que não agiu no respeito da deontologia jornalística”.
Além disso, o tribunal considera que a indemnização imposta pelo Supremo Tribunal de Justiça ao jornal (e que foi paga e não será recuperada) “não respeitou o justo equilíbrio exigido”.
Com base nestes argumentos, o TEDH aceitou o recurso do PÚBLICO e condenou o Estado português a pagar 83.619,74 euros por danos materiais, acrescidos de 6000 euros relativos a custos e despesas.
Esta é decisão é passível de recurso para o plenário (grande câmara) do TEDH.
O PÚBLICO tentou já obter uma reacção do Sporting e do Ministério das Finanças, mas até ao momento não foi possível.

IN "PÚBLICO"
07/12/10

2 - ARTE VEGETAL


clique para ampliar






2 - TUTANKHAMON


CLIQUE PARA APRECIAR










MAS QUE GOLO

video

TENHA UM BOM DIA....



...goze o feriado, 
              amanhã não se sabe

COMPRE JORNAIS

MISSÃO TORNADO
Ministro acciona fundo 
de emergência municipal de Tomar
O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, anunciou hoje que será accionado o fundo de emergência no concelho de Tomar, atingido terça-feira por um tornado, garantindo ainda que o Governo dará "a resposta adequada o mais rapidamente possível".
O ministro visitou hoje de manhã a zona de Tomar, acompanhado pelo secretário de Estado da Protecção Civil Vasco Franco, onde participou numa reunião com as autoridades locais da protecção civil para se inteirar das consequências do tornado.
O governante pediu tanto ao Governo Civil como ao presidente da Câmara para fazerem "um primeiro balanço, ainda impreciso necessariamente dos danos" de forma a serem tomadas medidas.
O responsável adiantou que em relação aos danos das estruturas municipais já contactou o secretário de Estado da Administração Local e "vai ser accionado um fundo de emergência municipal".
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

PENEIRAS AO TAPETE
Benfica derrotado pelo Schalke passa 
à Liga Europa graças ao Lyon
O Benfica perdeu esta noite em casa (1-2) com o Schalke e esteve à beira de ser afastado das provas europeias. Valeu às águias um golo do Lyon em cima da hora, no jogo com o Hapoel.
Num jogo em que só a vitória colocaria a equipa a salvo de uma surpresa na partida de Lyon, o Benfica teve as primeiras oportunidades para marcar, mas a desinspiração de Óscar Cardozo manteve a baliza alemã livre de perigo.
Do lado contrário, o espanhol Jurado – à passagem dos 20 minutos – foi menos perdulário. Recebeu um passe feito com o peito por Raúl e rematou forte e colocado, sem hipóteses para Roberto.
Ao intervalo Jorge Jesus tentou corrigir alguns desequilíbrios da equipa, fazendo entrar Aimar e Gaitán, que começaram o jogo no banco, e sair César Peixoto e Maxi Pereira. O Benfica demorou a reagir e os alemães mantiveram o jogo sob controlo. Em França o Lyon ia dando uma ajuda aos encarnados e até se colocava em vantagem.
Pouco depois, no entanto, o Hapoel reagiu e empatou o outro jogo do grupo. Os israelitas fizeram ainda o segundo golo e deixaram a águia em posição difícil. O Benfica estava, agora, obrigado a ganhar para continuar na Europa.
Jesus tirou Carlos Martins e fez entrar Salvio. Quase de seguida o Schalke aumentou a vantagem, através de Howedes. A cerca de oito minutos do final da partida o Benfica tinha de marcar três golos ou esperar que o Lyon marcasse um.
Luisão reduziu, mas a águia não completou o milagre. Valeu, no entanto, o golo do empate alcançado pelo Lyon, em França. O Benfica esteve quase eliminado, mas acabou por beneficiar da preciosa ajuda dos franceses.
"A BOLA"

A SOLDO DOS PATRÕES
Sócrates admite rever leis laborais
Admite ou não reformar as leis laborais? A questão foi lançada ao primeiro-ministro, que acabou por admitir a possibilidade de mudanças no Código do Trabalho.
"Já respondi várias vezes a essa pergunta nos últimos 15 dias. Já disse que iríamos fazer uma agenda para o crescimento, e temos reuniões marcadas com vários parceiros sociais. Portanto, a resposta é sim. Nos próximos dias vão saber mais pormenores", disse Sócrates.
O chefe do Executivo reúne-se hoje com UGT e CGTP. O CM sabe que o primeiro-ministro manifestou vontade de se reunir com os parceiros na última reunião da concertação social. Ontem, à hora de almoço, agendou o encontro. Quanto ao patronato, à hora de fecho desta edição nenhum dos representantes tinha sido chamado pelo Executivo.
Fontes sindicais só admitem negociar "melhorias nos mecanismos de negociação da contratação colectiva". Além dos sindicatos, também uma parte dos patrões poderá não estar receptiva a alterar o Código do Trabalho. "Consideramos mais importante a negociação de uma agenda para o crescimento económico", disse ao CM João Vieira Lopes, da Confederação do Comércio e Serviços de Portugal. E se o Governo quiser mudar a lei laboral, a CCP admite negociar.
"CORREIO DA MANHÃ"

A OBRA É DOS PROFESSORES
Educação. Subida relâmpago 
cola Portugal à média da OCDE
Alunos portugueses são os que mais evoluíram a Matemática, Leitura e Ciências
Portugal saiu finalmente da cauda da Europa e aproximou-se da média da Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Económico (OCDE). Esta é a boa notícia do relatório do PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos) que mediu o desempenho dos estudantes de 15 anos a Leitura, Matemática e Ciências em 65 países, 33 dos quais membros da OCDE. Os adolescentes portugueses são os que mais progrediram nestes três domínios. Os resultados ontem divulgados na Fundação Gulbenkian, em Lisboa, fazem agora de Portugal um país quase mediano. Avaliados todos os indicadores, o ensino português soma 489 pontos - mais 20 do que em 2006 - e aproxima-se da média (493).
Entre os 33 países da OCDE, Portugal foi o quarto que mais progrediu na Leitura e na Matemática e o segundo que mais avançou a Ciência, conquistando ainda o sexto lugar entre os sistemas educativos "que melhor compensam as assimetrias económicas", salienta o relatório. Ou seja, 40% dos alunos oriundos de famílias pobres obtiveram níveis de desempenho entre o mediano e o excelente.
A evolução aconteceu sobretudo entre 2003 e 2006 e fez com que Portugal ultrapassasse a Espanha e tenha agora novos vizinhos como Hungria, Reino Unido, França, Dinamarca ou Alemanha. O PISA 2009 é o primeiro relatório que permite fazer uma evolução do desempenho dos alunos numa década, uma vez que o estudo é aplicado de três em três anos, tendo sido inaugurado em 2000. Assim, há nove anos, Portugal ocupava o 25.o lugar entre 27 países; hoje está em 17.o em 33 países.
"i"

ACIMA DE TUDO A LIBERDADE
Bloco de Esquerda aloja WikiLeaks
No site Esquerda.net começou esta tarde a ser alojado um “espelho” do site Wikileaks. O Bloco de Esquerda respondeu ao apelo de Julian Assange pela defesa da democracia, que “está a sofrer um ataque sem precedentes”.
Os bloqueios do site e o fim do seu domínio principal (wikileaks.org), operado pelas empresas Amazon e EveryDNS.net, levaram a organização liderada por Julian Assange a apelar à multiplicação de “espelhos” da página. O primeiro português a aceitar o repto de Assange foi Rui Cruz (que tem um site pessoal em RuiCruz.pt).
Agora foi a vez dos bloquistas, que fizeram o mesmo através do seu portal Esquerda.net.
Em comunicado, o Bloco justifica a decisão com a necessidade de “defender a democracia, que está a sofrer um ataque sem precedentes”. “Os apelos da extrema-direita para que Julian Assange seja assassinado, o cerco financeiro que a organização está a sofrer e até a perseguição legal extremamente duvidosa a que o porta-voz da organização está a ser submetido configuram um ataque ao direito de informação, que exige uma mobilização rápida de todos os que valorizam a liberdade de expressão”, argumentam os bloquistas.
"PÚBLICO"

APAGÃO NA LUZ
Lenços brancos e problemas na garagem
Além das valentes assobiadelas a César Peixoto, existiram vários sinais de discórdia entre a formação encarnada e as bancadas. Quando Höwedes fez o segundo golo germânico, o divórcio começou a consumar-se e já se erguiam lenços brancos no Estádio da Luz. A festa alemã deu azo a um pedido desesperado da bancada, de onde se suplicava quase em uníssono: “Joguem à bola!” Aí, a debandada só não foi geral porque alguns adeptos encarnados mantiveram a fé, enquanto outros esperaram pelo fim para gritar de sua justiça.
"RECORD"

A CRISE AUMENTA
Doze mil professores podem perder emprego
Governo propõe reduzir para metade número de professores de Educação Visual e Tecnológica e cortar horários na área curricular não disciplinar.
A proposta do Governo para os novos programas curriculares do Ensino Básico, a que o Correio da Manhã teve acesso, reduz para metade o número de professores de Educação Visual e Tecnológica (EVT) já no próximo ano lectivo.
A proposta de decreto-lei do Ministério da Educação mexe também na área curricular não disciplinar, confirmando o fim da Área de Projecto e do Estudo Acompanhado.
No total, as estimativas das duas maiores estruturas sindicais apontam para que cerca de 12 mil professores fiquem desempregados.
"DIÁRIO ECONÓMICO"

POR ONDE ANDA A TUSA???
Quase 10% dos adultos sem sexo no último ano
Estudo sociológico traça retrato dos comportamentos sexuais dos portugueses no século XXI e revela mais diversidade.
Quase 10% dos adultos portugueses não tiveram relações sexuais no último ano. O número é mais elevado entre as mulheres, com 14,4% a dizerem que não tiveram actividade sexual nos 12 meses antes do inquérito, contra apenas 5% dos homens. A maior parte (47,6%), no entanto, escolheu a resposta "algumas vezes" por semana. Por outro lado, 7,4% dos entrevistados disseram - e os questionários eram anónimos - ter sexo todos ou quase todos os dias.
Destes, a percentagem é muito menor nos homens e mulheres casadas do que nos que vivem juntos: 18% contra 8% neles e 15,2% contra 5,5% nelas. Uma interpretação possível é o facto de as pessoas que vivem em união de facto serem mais jovens e sem filhos, avançam os autores. Ainda assim, os casados têm mais sexo do que os solteiros sem relacionamentos, ou seja, sem parceiro regular.
Os dado são do livro Sexualidades em Portugal, lançado ontem, e baseado em 3507 entrevistas a residentes em Portugal continental, com idades entre os 18 e os 65 anos. O inquérito "Comportamentos Sexuais e a infecção VIH/sida em Portugal", que deu origem ao livro, foi feito em 2007 e 2008 a pedido da Coordenação Nacional para a Infecção do VIH/Sida, e coordenado por Manuel Villaverde Cabral e Pedro Moura Ferreira.
No estudo, mais de um terço dos portugueses dizem ter tido apenas um único parceiro. E também aqui a diferença entre homens e mulheres é grande: no primeiro caso, a percentagem é de 16,1%; no segundo, mais de metade (52,0%). Uma proporção que se repete quando se pergunta quem tem mais do que um parceiro actualmente: apenas 7,2% das mulheres contra 23,6% dos homens.
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

A MISÉRIA CONTINUA
Justiça com défice de 170 milhões de euros
Rejeitando problemas com os salários de dezembro, Alberto Martins destacou a grandeza do défice do Ministério da Justiça.
O ministro da Justiça, Alberto Martins, negou, ontem, no Parlamento, que exista um problema com os salários de dezembro do pessoal do Ministério da Justiça, mas admitiu haver um 'problema financeiro', no sector, com o défice nos últimos anos a chegar aos 170 milhões de euros. O ministro da Justiça falava na Comissão Parlamentar de Assuntos Constitucionais após um requerimento do CDS relacionado com as demissões na Direção-Geral da Administração da Justiça (DGAJ) e com as críticas feitas à contratação de empresas privadas para desenvolver o sistema informático da Justiça e dos tribunais.
Em resposta ao deputado centrista Filipe Lobo d´Avila sobre a alegada dificuldade do Ministério da Justiça em pagar os salários dos seus funcionários em dezembro, Alberto Martins contrapôs que esse 'problema não existe', e que o despacho conjunto com o ministro das Finanças visa uma 'gestão prudencial', dos meios financeiros, para que não haja aquisição de bens e serviços desnecessários em época de contenção.
Falando aos jornalistas à saída da Comissão, o ministro insistiu que o problema da Justiça é 'um problema financeiro', resultante da evolução das despesas, sobretudo com as contribuições para a Segurança Social, o que levou a que nos últimos anos o défice chegasse aos 170 milhões de euros, o que foi coberto com fundos autónomos.
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"

AURORA BOREAL NO CANADÁ

ESTAS FOTOS FORAM TIRADAS NO MEIO DO CANADÁ







FREIRA VASCAÍNA

Uma freira faz sinal para um táxi parar. Ela entra e o taxista não pára de olhar para ela:
- Por que você me olha assim?
Ele explica:
- Tenho uma coisa para lhe pedir, mas não quero que fique ofendida...
Ela responde:
- Meu filho, sou freira há muito tempo e já vi e ouvi de tudo. Com certeza não há nada que você possa me dizer ou pedir que eu ache ofensivo.
- Sabe, é que eu sempre tive na cabeça uma fantasia de ser beijado na boca por uma freira...
A freira:
- Bem, vamos ver o que é que eu posso fazer por você: primeiro, você tem que ser solteiro, flamenguista e também católico.
O taxista fica entusiasmado:
- Sim, sou solteiro, flamenguista desde criancinha e até sou católico também!
A freira olha pela janela do táxi e diz:
- Então, pare o carro ali na próxima travessa.
O carro para na travessa e a freira satisfaz a velha fantasia do taxista com um belo beijo na boca daqueles de cinema .
Mas, quando continuam para o destino, o taxista começa a chorar:
- Meu filho - diz a freira - Porque é que está chorando?
- Perdoe-me Irmã, mas confesso que menti: sou casado, botafoguense e sou evangélico.
A freira conforta-o:
- Deixa pra lá...      Estou a caminho de uma festa de fantasia, sou travesti, me chamo Alfredo e torço pro Vasco!

JORNAIS DE HOJE


COMPRE JORNAIS









VAMOS AJUDAR


Ajude com carinho se puder, pois basta pelo menos divulgar esta informação pelos seus  contactos, pois este logo terá passado por uns milhares de pessoas e, quem sabe, conseguimos ajudar?






Ana Patrícia Ribeiro Fernandes, de 4 anos, reside em Murça Trás-os-Montes, está neste momento internada no IPO do Porto e precisa urgentemente de encontrar um doador de medula.

Para tipagem de doador dirijam-se ao Hospital Pulido Valente ou ao Centro de Histocompatibilidade do Porto no Hospital de S.João de segunda a quinta das 8h ás 16h e sextas das 8h ás 15h.

Vamos tentar ajudar a encontrar um doador compatível. Se não puder ser doador basta passar esta mensagem ao maior número de pessoas possível.
Obrigada/o!

PRAGA NA PRIMAVERA

video

MURAIS DE JOHN PUGH

video

AUTORITÁRIO

video

QUE O SEU DIA SEJA VERDEJANTE