segunda-feira, 27 de setembro de 2010

EDUCAÇÃO VISUAL

Perdeu a aliança!!...Opps!!

.




BAPTISTA BASTOS


BAPTISTA-BASTOS

A República ameaçada

"Sem discursos nem trombetas, os inimigos da República tomaram o poder na sociedade. Na primeira linha, o dinheiro e a imagem. A sua aliança sucedeu ao trono e ao altar." Eis as primeiras frases de um texto notável, de que só agora tive conhecimento, e no qual o autor, o dr. Miguel Veiga, advogado e intelectual que vive no Porto, procede a uma análise do estado actual das coisas. Quando a cultura deixa de ser o paradigma da relação com o outro, a colectividade perde o lugar confluente onde se cruzam os preceitos éticos e estéticos que a justificam.
Diz Miguel Veiga: "Agravando a opulência pela notoriedade, multiplicando a desigualdade dos rendimentos pela da consideração pública, ela ataca os fundamentos do orgulho da República: o desinteresse e o anonimato que subordinam os interesses e as vaidades ao interesse geral. A República não é um regime político entre outros. É um ideal e um combate." O texto foi lido em Arcos de Valdevez, há menos de dois meses, numa homenagem a Mário Soares, e a sua importância reflexiva não mereceu, da imprensa a atenção necessária. A imprensa, cada vez mais abandonada à futilidade e ao pequeno escândalo, aumenta a hipótese repressiva da conduta política.
Essa conduta política repressiva expressa-se nas formas mais diversas. A última das quais, porventura, a da tentativa de alteração dos códigos constitucionais. Lembremos que o autor principal dessa revisão, proposta pelo dr. Passos Coelho, é um importante dirigente da Causa Real, Paulo Teixeira Pinto, ex-banqueiro, convertido aos fascínios da pintura e da edição. A tomada do poder, na sociedade, pelos inimigos da República, de que fala Miguel Veiga, não é uma metáfora. A lassitude com que assistimos à destruição dos princípios e dos padrões fundamentais da ideia republicana é sinal da nossa indolência moral. Antero chamou-lhe a "decadência da alma". É-nos imposto um novo modelo de desenvolvimento que desrespeita os tempos do homem e cria uma violência social destruidora da espontaneidade, da imaginação e da própria vida associativa. Nada fazemos para nos opor. E aceitamos a identidade dominante, rudemente aplicada, sem nos insurgirmos contra esse notório abuso de poder. Não é ingénua a leviandade com que muitos jornalistas portugueses aceitam este totalitarismo mascarado de democracia de superfície. A leviandade nunca é ingénua. E o silêncio da memória não protege o homem dos perigos que sobre ele impendem.
As ameaças à República são reais e corroem a identidade da democracia. É cada vez mais difícil reapropriarmo-nos das heranças legadas há um século. E cada vez mais fácil fomentar o mal-entendido que tem levado ao desleixo de cuidarmos dessas heranças.

in "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
22/09/10

NA VIDA............


clique para ampliar


enviado por BÉ

ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL


NR:Não temos a certeza da exactidão deste método, que à falta de melhor pode ser tentado porque terá eventualmente lógica.Ficam as nossas reservas e a certeza da seriedade da pessoa que nos enviou, J. COUTO.

ALMORRÓIDA ÀRRASCA



Um vídeo amador, filmado por um dos passageiros, captou momentos de pânico durante a aterragem de emergência de um avião da Delta Airlines depois de uma avaria no trem de aterragem.
No vídeo filmado com um telemóvel, podem-se ver as faíscas provocadas no momento em que o avião tocou na pista sem o trem de aterragem, no aeroporto de Nova Iorque, JFK. Pode-se ainda ouvir a tripulação a avisar os cerca de 60 passageiros para se prepararem para a aterragem atribulada.

CANÇÃO DO COLON

QUE RICA ALMORRÓIDA


Assediava gestores de clientes 
do BCP e BES

O BPP cresceu de forma rápida e "com políticas comerciais super-agressivas". O livro ‘A Face Oculta do BPP’, escrito pelos advogados Luís Miguel Henrique e Daniel Lobo Antunes e que será lançado a 7 de Outubro, revela uma das faces da estratégia de crescimento do banco fundado por João Rendeiro e a forma como alcançou vasta carteira de clientes de topo.
De acordo com o livro, a que o CM teve acesso, a administração do BPP assediou "de forma quase cirúrgica os gestores que mais lhe convinha" dos dois maiores bancos na área do ‘private banking’, numa espécie de "OPA hostil" à sua carteira de clientes. "Através de uma estratégia agressiva de contratação de comerciais, o BPP conseguiu desfalcar os mais directos concorrentes – o ‘private banking’ do BES e do BCP – contratando alguns dos seus profissionais para, desta forma, arrastar com eles a respectiva carteira de clientes", relatam os autores. "Foi, aliás, com esta estratégia de ‘terra queimada’ que o BPP provocou um pequeno sismo na equipa de ‘private banking’ do BCP na África do Sul, contratando uma grande parte da equipa do seu concorrente neste país africano." Foram estes comerciais que captaram o investimento de 70 milhões de euros em produtos de retorno absoluto de empresários e membros do governo angolano, tal como o CM avançou há um ano.

IN "CORREIO DA MANHÃ"
27/09/10

Homem Aranha ou Homem Macaco?




enviado por MARTINS

A DANÇA DO PAU


veja em ecrã total



enviado por CAMY

Foi falta ou tentativa de homicídio...



enviado por C. DIOGO

QUINTETO ALMORRÓIDAL


Cinco bancos em tribunal 
por pagarem a burlão

Devido a uma burla de vários milhões de euros por parte de um técnico oficial de contas, o BES, BCP, CGD, BPN e o Banif correm agora o risco de pagar uma avultada verba a duas empresas de Ovar, que acusam bancos de não fiscalizarem cheques durante sete anos.
Em causa está a actuação de um contabilista – Aristides Rodrigues, 48 anos – que, entre 1997 e 2004, apoderou-se de dinheiro de 14 empresas destinado a pagar impostos. Em 2007, foi julgado no em Santa Maria da Feira e condenado a cinco anos de prisão, com pena suspensa, por burla e falsificação de documentos. Ficou em liberdade e foi sentenciado a pagar 30% do valor das indemnizações exigidas por quatro empresas – 900 mil euros.
Em especial, duas sociedades, do ramo dos materiais de construção, sediadas em Ovar e com os mesmos donos, resolveram ir mais além e responsabilizar directamente cinco bancos, cuja conduta terá facilitado o desvio de dinheiro.
Denominadas “Ovarmat” e “Tecniface”, colocaram em tribunal o BCP, a Caixa Geral de Depósitos o BPN e o BANIF, entidades onde tinham contas, e ainda o BES – onde o técnico oficial de contas depositava os cheques que recebia das empresas. O julgamento começa amanhã, na Comarca do Baixo-Vouga, Aveiro.
Todos os meses o contabilista comunicava às empresas as verbas a entregar ao Fisco. Recebia cheques dos diversos bancos e, para comodidade do pagamento, dizia aos clientes para os colocarem à ordem dos “C. T. T,”, com o suposto intuito de facilitar os pagamentos ao Estado.
Só que, de seguida, rasurava aqueles documentos escrevendo nomes que assentavam mais ou menos naquelas letras, como ?Carlos Costa?, ?Carlos Teixeira?, ?Cátia Silva?, ?Carlos Ferreira?, ?Cátia Rodrigues? ou ?Catarina Correia?. E por trás dos cheques, colocava uma assinatura que servia de endosso à sua pessoa e depositava-os numa agência do BES.

IN "JORNAL PÚBLICO"
27/09/10

TENHA UM BOM DIA............

...porque o pior está para vir

compre jornais


adolescentes ricas abortam no estrangeiro
Diariamente 12 adolescentes são mães
São oriundas de famílias carenciadas, abandonaram a escola cedo e têm falta de objectivos profissionais. Para muitas raparigas entre os 12 e os 19 anos, a gravidez surge como "um projecto de vida, na ausência de outros", revela Teresa Bombas, da Sociedade Portuguesa da Contracepção.
Diariamente, 12 adolescentes são mães e "a maior parte tem informação sobre contraceptivos", acrescenta. O mesmo acontece com as mulheres portuguesas - mais de 85 por cento usam contraceptivos, contudo, uma em cada três já teve uma gravidez indesejada. Hoje é o Dia Mundial da Contracepção.
Não se sabe ao certo quantas adolescentes engravidam, mas sabe-se quantas decidem interromper a gravidez (IVG) recorrendo aos serviços de saúde e quantas decidem ser mães. "Mais de dez por cento das IVG ocorrem em adolescentes até aos 19 anos e quase cinco por cento dos nascimentos são de jovens mães", diz Duarte Vilar, director executivo da Associação para o Planeamento da Família (APF). Em 2009, 4347 raparigas decidiram levar a gravidez até ao final. Um valor que tem vindo a diminuir, nos últimos anos.
Os contraceptivos orais são o método mais usado pelas portuguesas, mas é também "o que falha mais", alerta Teresa Bombas.
"PÚBLICO"

boa gestão
INEM tem ambulâncias a sair menos 
de uma vez por dia
O INEM tem ambulâncias em várias zonas do Norte e do Centro que saem em missão de socorro menos de uma vez por dia. Há casos em que são accionadas duas vezes por semana. Os bombeiros das mesmas localidades 
fazem dezenas de serviços para o INEM.
De acordo com um relatório interno do INEM a que o JN teve acesso, a ambulância de Suporte Básico de Vida (SBV) do INEM de Celorico de Basto, sedeada no Centro de Saúde, saiu no primeiro semestre de 2009, 52 vezes, 
o que dá uma média de uma saída em cada três dias.
Em contrapartida, no mesmo período, o INEM pagou aos Bombeiros de Celorico de Basto 175 saídas da ambulância da corporação (Posto de Reserva). 
Manter uma SBV custa por mês, aproximadamente, 20 mil euros ao INEM.
Em Vieira do Minho, a ambulância do INEM, que está no Centro de Saúde, saiu 143 vezes nos primeiros seis meses de 2009 (menos de uma saída por dia). Porém, os bombeiros locais saíram com a ambulância do INEM 
que está no quartel ( PEM) 264 vezes.
Em Figueiró dos Vinhos, na zona Centro, a ambulância do INEM saiu 34 vezes em seis meses, enquanto os bombeiros saíram 235 vezes em ambulância própria, com quilómetro pago pelo INEM. Em Mortágua, a SBV saiu 60 vezes em 180 dias. No mesmo período, o INEM pagou 372 saídas de ambulância 
(Posto de Reserva) aos bombeiros.
A situação repete-se no Sabugal, em Vouzela, em Figueira de Castelo Rodrigo, em Santa Comba Dão, Oleiros e Fratel, onde o INEM 
tem ambulâncias com pouca actividade.
Confrontado com os números, Ricardo Rocha, presidente do Sindicato dos Técnicos de Ambulância de Emergência (STAE), conclui que as populações do interior preferem ligar para os bombeiros em vez de ligar para o 112. “Sabem que os bombeiros não fazem tantas perguntas e que até transportam ao Centro de Saúde, enquanto que a ambulância do INEM só pode levar ao hospital”, analisa.
Resultado: “as ambulâncias do INEM sedeadas nessas localidades só saem em serviço quando os bombeiros estão ocupados”, conclui.
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

voam muito

“Pedro Passos Coelho foi um anjinho”
A situação financeira do País "é muito grave" e o Orçamento do Estado para 2011 tem de ser viabilizado, sem espaço para "brincadeiras". Quem o diz é Marcelo Rebelo de Sousa, que ontem, na TVI, considerou que "José Sócrates é que sai pior, mas Pedro Passos Coelho não sai bem", num cenário de crise política.
Sobre o encontro a dois, Marcelo classificou de "condenável" a forma como o Governo divulgou as reuniões entre o primeiro-ministro e o líder do PSD, mas avisou Passos de que "também foi um anjinho" ao aceitar que José Sócrates ficasse responsável por divulgar as reuniões. "Ele achou que era por uma nota oficiosa. Não há ‘achos'. Ou é uma nota assinadinha ou, então, não existe." Mais, "agora não dá para ser enrolado terceira vez". Pediu paciência ao presidente laranja perante a vontade, dentro do partido, de se ir a eleições antecipadas em Maio, e insistiu que não é líquido que tivesse maioria absoluta. Em suma, é preciso consenso, "o País precisa de um Orçamento viabilizado". Questionado sobre a intenção da Águas de Portugal de comprar novos carros, Marcelo rematou:
"Acho que é gozar com o pagode."
"CORREIO DA MANHÃ"

o público é educado e a polícia paga
Polícia outra vez na mira
Adeptos queixam-se do exagero da PSP Tudo aconteceu após o segundo golo da Académica. Presidente vai inteirar-se da situação.
Jogo de futebol e jogo de insultos em Coimbra, tendo como protagonistas os elementos afectos às claques da Académica e do Vitória de Guimarães. A polícia foi forçada a uma intervenção firme para serenar os ânimos após o segundo golo da Académica, fazendo de campo de actuação a zona onde se encontravam os espectadores visitantes, que ontem, sob várias formas, foram apresentando queixas a condenar o alegado exagero na actuação da PSP, mesmo através do site oficial do clube, que denunciou que «todos os adeptos vitorianos foram sujeitos a uma carga policial inexplicável», acusando ainda que a polícia 
«descarregou a sua fúria de forma indiscriminada».
O presidente do clube, Emílio Macedo da Silva, não assistiu ao jogo e garante que nada sabe sobre o que se passou nas bancadas em Coimbra. Mas promete, durante o dia de hoje, «inteirar-se da situação» para que a Direcção, «eventualmente assuma uma posição oficial e tome medidas».
"A BOLA"

o que é que chega, andar nú?
IVA e subsídio de Natal não chegam 
para tapar buraco orçamental de 2011
A subida da taxa normal de IVA para 23% e o corte de um mês de salários na Função Pública não chega para cobrir o buraco orçamental para 2011 identificado pela Comissão.
O próximo ano pode exigir um vendaval de medidas de consolidação orçamental. De acordo com cálculos do Negócios, com base em números do próprio Governo e da Comissão Europeia, a eliminação do 14º mês da Função Pública e a subida do IVA de 21% para 23% serão insuficientes para tapar o buraco orçamental de 2011, estimado em 2,5 mil milhões de euros por Bruxelas.
O alerta já tinha sido dado em Junho, quando o Governo selou, com a bênção do PSD, um conjunto de medidas que permitiriam atingir um défice de 4,6% em 2011. Na altura, o comissário para os assuntos económicos, Olli Rehn, elogiou a ambição do plano, mas lembrou que os técnicos da Comissão tinham concluído que as medidas anunciadas seriam insuficientes para atingir a meta. Na sexta-feira, deu novo "puxão de orelhas": "Tal como a Comissão já observou, serão necessárias medidas adicionais em 2011. Espero que estas medidas 
estejam contempladas no Orçamento" .
"JORNAL DE NEGÓCIOS"



ao ataque...

Direcção-Geral dos Impostos tem 11 mil funcionários. Mais do que TAP ou PT
É o organismo público com mais trabalhadores, tirando as polícias, e está à frente da CGD, da TAP e da PT
A máquina de recolha de impostos do Estado ultrapassou os 11 mil funcionários, de acordo com os últimos dados disponíveis a que o i teve acesso, tornando-se desta forma o sexto maior empregador nacional e o organismo público com mais funcionários - só ultrapassado pela Guarda Nacional Republicana (GNR) e pela Polícia de Segurança Pública (PSP).
"É a prova da importância que o governo dá ao sector da recolha contributiva do Estado", disse ao i Paulo Pereira de Almeida, coordenador do Observatório Português de Boas Práticas Laborais do ISCTE, "canalizando grande parte das contratações da administração pública para a Direcção-Geral dos Impostos". Com o fantasma do aumento de impostos outra vez na ordem do dia, o especialista reforça que este número "é a materialização da ideia de eficácia da máquina fiscal".
Para o professor, os dados agora revelados surpreendem ainda pela relevância relativa do sector bancário na criação de empregos. Com 11 153 trabalhadores em 2008, a Direcção-Geral dos Impostos (DGI) - que está sob tutela do ministério das Finanças - ultrapassa todo o sector bancário em número de funcionários, colocando-se à frente do Millennium bcp (com 10 120 trabalhadores), da Caixa Geral de Depósitos (o banco do Estado tem 9791 trabalhadores) e do BPI (que atinge os 7319 funcionários). O Banco Espírito Santo ainda entra no top 20 dos maiores empregadores nacionais, com 6837 trabalha- dores.
A máquina fiscal também se posiciona à frente de grandes empresas nacionais no ranking do número de empregados. A transportadora aérea nacional (TAP), por exemplo, fica-se pelos 6955 funcionários e a Portugal Telecom (PT) não ultrapassa os 6218.
"i"

qual é o espanto?
Juízes com processos disciplinares sobem à Relação
Promovidos dois dos oito juízes do Tribunal do Trabalho investigados 
pelo CSM por fraca produtividade.
O Conselho Superior da Magistratura (CSM) instaurou processos disciplinares contra oito juízes do Tribunal do Trabalho de Lisboa por indícios de trabalharem pouco, na sequência de uma denúncia de um inspector judicial. Porém, estando ainda a decorrer as averiguações, promoveu depois dois deles a auxiliares do Tribunal da Relação de Lisboa (TRL), atribuindo-lhes responsabilidades e o título de juízes desembargadores. Um "prémio" que viola "teoricamente" a lei da magistratura judicial, dizem os juristas ouvidos pelo DN.
Segundo o Estatuto dos Magistrados Judiciais, os juízes de direito colocados na primeira instância estão impedidos de ascender aos tribunais superiores (da Relação ou do Supremo) quando tenham processos 
ou inquéritos disciplinares pendentes.
Confrontado com esta questão, o vice- -presidente do CSM assegurou ao DN que os dois magistrados em causa "não foram promovidos a juízes desembargadores, mas, sim, destacados para trabalhar como juízes auxiliares no TRL". O juiz-conselheiro Bravo Serra adiantou ainda que, neste momento, não existe sequer acusação formal contra os oito magistrados do Tribunal do Trabalho. O que existe, explicou, é uma denúncia de um inspector judicial que deu origem a um inquérito disciplinar que, caso se confirmem os indícios de falta de produtividade, pode transformar-se em processo disciplinar.
Bravo Serra negou que o instrutor dos processos seja o mesmo inspector judicial que detectou indícios de falta de produtividade no Tribunal do Trabalho de Lisboa, como está referido numa carta que lhe foi enviada por Garcia Pereira (ver texto ao lado), em que o advogado expõe duras críticas contra 
os fundamentos da averiguação disciplinar.
Ao que o DN apurou, o envio de um inspector ao Tribunal de Trabalho partiu da iniciativa do CSM depois de ter recebido várias queixas pela morosidade dos processos e pela acumulação da pendência. O inspector judicial terá concluído que havia julgamentos, e outras diligências, marcados 
muito para além dos prazos razoáveis.
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"


talvez ganhe
Sporting joga no Estoril na 3.ª ronda
Benfica e FC Porto recebem rivais acessíveis
Dos três grandes, o Sporting é aquele que terá, em teoria, a tarefa mais difícil na 3.ª eliminatória da Taça de Portugal. Os leões deslocam-se à Amoreira, para defrontar o Estoril, equipa que milita na Liga Orangina.
Já o Benfica recebe o Arouca, também da Liga Orangina, enquanto o FC Porto recebe o Limianos, da 3.ª divisão.
O Sp. Braga desloca-se ao terreno do 1.º Dezembro, equipa da 3.ª divisão.
Os jogos realizam- se a 16 e 17 de outubro
"RECORD"

ESPOSA AMIGA


MARIDO BEM TRATADO

Uma mulher acompanha o marido ao consultório médico..

Depois de ser atendido, o médico chama a esposa reservadamente e diz:

- Seu marido está com stress profundo. A situação é delicada, e se a senhora não seguir as instruções que vou lhe passar, seu marido
certamente vai morrer. São apenas 10 instruções que salvarão sua vida:

1) Toda manhã, prepare para ele um café reforçado;

2) Para o almoço, ofereça refeições nutritivas;

3) Para o jantar, prepare pratos especiais, tipo comida japonesa,
italiana e francesa;

4) Mantenha em casa um bom estoque de cerveja gelada;

5) Não o atrapalhe quando ele estiver vendo futebol;

6) Pare de assistir novelas;

7) Não o aborreça com problemas do universo feminino;

8) Deixe-o chegar no horário que desejar;

9) Nunca questione onde estava;

10) Faça sexo com ele como e quando ele quiser.

No caminho de casa, o marido pergunta:
- O que foi que o médico disse?

E ela respondeu:

-Ele disse que você vai morrer.

enviado por D.A.M.

JORNAIS DE HOJE


COMPRE JORNAIS

clique para ampliar









IKEA compra GM


IKEA ANUNCIOU A COMPRA DA GM, VAI COMEÇAR 
A VENDER CARROS NO NATAL
ESTAMOS LIXADOS...



enviado por C. DIOGO

GOOD MORNING???????????????????

.