quarta-feira, 7 de julho de 2010

PIERCING

clique para ampliar

CONFIRME

JOÃO PEREIRA COUTINHO


Momentos de humor

Maria de Lurdes Rodrigues, ex-ministra da Educação, concedeu uma entrevista ao ‘Expresso’ onde destila um desprezo pelos professores que seria impensável em qualquer outra pasta.

Alguém imagina um ministro da Agricultura com particular asco pelos agricultores? E, no entanto, a dra. Rodrigues não tem freio: os professores, para ela, recusam a avaliação porque preferem ser todos iguais.

Que existam milhares de docentes que sejam o contrário desta caricatura e que tenha sido a mediocridade do seu modelo a despertar a ira da classe, eis duas evidências que não perturbam a senhora. Por isso, espanta que o eng. Sócrates, no lançamento de um livro da ex-ministra, tenha apresentado a dra. Rodrigues como uma mulher ‘sem ressentimentos’ e, mais, um exemplo de ‘coragem, grandeza e superioridade’. Sobre os ‘ressentimentos’, aplaude-se o momento de humor. Mas não se aplaude a indelicadeza para com a actual ministra, que passou os primeiros tempos a rasgar as medidas da sua antecessora. Será a dra. Isabel Alçada um exemplo de cobardia, pequenez e inferioridade?
in "CORREIO DA MANHÃ" 03/07/10

1 - CANCRO DA MAMA

ORQUESTRA DE GUITARRAS DE VARSÓVIA

6 - TRANSIBERIANO


in programa "FANTÁSTICO"

HIDROMASSAGEM

A Tua Sorte São Os Cravos !!!


Sócrates vai a uma igreja e se ajoelha na frente de Jesus crucificado, rezando:

Sócrates: Jesus, estou totalmente arrependido e gostaria de redimir meus pecados.

Jesus: Esta bem. Que tens feito?

Sócrates: Depois de estes meus anos de governo estou deixando o povo arruinado e na miséria...

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Traí o povo que me deu os seus votos!

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Economizei verbas da Saúde, da Educação, da Segurança, etc. etc., as quais foram encher os bolsos de alguns.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Comprei carros topo de gama para a Assembleia, para os magistrados e tantos outros.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Protegi as roubalheiras do Vara, do Godinho, do Rendeiro, do Jardim, do Oliveira Costa e tantos outros.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Permiti que alarves como o Mexia, Pedro Soares, Zeinal, Coelho, e mais uma mão cheia deles fossem agraciados com chorudos prémios com verbas tiradas do bolso do contribuinte.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Pus à cabeça dos Ministérios autênticos alarves que só fizeram burricadas na Educação, na Saúde, na Segurança, etc..

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Mancomunei-me com Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, com o Procurador Geral da República e outros tantos biltres da sua igualha, para que dessem cobertura às minhas manigâncias.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Meti-me naquela alhada dos exames feitos ao Domingo, nas casas lá na Parvónia, no Freeport, na Maddie, nas sucatas, no TGV, na nova ponte, e em outras tantas que não vale a pena enumerar...

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Dei apoio ao Hugo Chavez, o maior bandido da América Latina.

Jesus: Dê graças ao Pai!

Sócrates: Mas, Jesus, estou realmente arrependido e a única coisa que Vós tendes para me dizer é: "Dê graças ao Pai"?

Jesus: Sim, agradece ao Pai por eu estar aqui pregado na cruz, porque senão desceria dela para te encher de porrada, seu ignorante, analfabeto, deslumbrado, traidor, ladrão sem vergonha, mentiroso, golpista, corrupto, aproveitador.... Vai trabalhar, vagabundo!!!!!

DESMORONAMENTO DE UMA MONTANHA

IMPRESSIONANTE!!!!!!

TENHA UM BOM DIA............


...E ESPERANÇA TAMBÉM

HÁ MAIS NOTÍCIAS NOS JORNAIS, COMPRE

Viagem ao epicentro do calor: 50 ºC ao sol na Amareleja
A vila está deserta ao meio-dia. O termómetro da farmácia Portugal regista pelo
segundo dia consecutivo a marca 50
"Isto é uma aula de emagrecimento pós-moderno, perdem- -se cinco a seis quilos por sessão." Na Casa do Povo da Amareleja está um grupo de senhoras de caderno e leque na mão. Riem-se com a brincadeira do professor António Revez para desatarem no típico tagarelar alentejano. Não fosse a ventoinha, suariam ainda mais, e a verdade é que não estão ali para entrar na linha - é uma das últimas sessões da formação em jardinagem, já a preparar a cerimónia de encerramento na próxima sexta-feira. É também uma das poucas coisas a acontecer na Amareleja. Passa pouco das 15 horas.
O foi visitar a vila famosa pelos recordes de temperatura - o último, confirmado pelo Instituto de Meteorologia, foi em 2003, com 47,3 oC. Ontem, pelo segundo dia consecutivo, o já emblemático mostrador da Farmácia Portugal, no centro da vila, atingiu os 50 oC por volta do meio-dia.
Chega-se pela Estrada Regional 385. O termómetro do carro aponta 42 oC, sempre a subir desde Évora. A vila está completamente deserta e à partida não dá para perceber se por falta de gente ou por reclusão. O professor Revez deixa interromper a aula. "Não digo que não marcasse os 50 oC, mas não é verdade de certeza absoluta", atira Maria Angelina Carreteiro, 50 anos. É que se tivesse sido, e isto é de gente que sabe, não se aguentava sair de casa, e elas estão ali.
"i"

Riscos espreitam sem plano

Um sismo forte colheria de surpresa centros de decisão, avisam cientistas
Pouco mais há do que planos de intervenção da Protecção Civil se por aí vier um grande sismo. Há estudos sobre zonas críticas do país, "mas não há um plano" consistente para actuar antes em várias frentes, minimizando os estragos. Quem o afirma é Carlos Sousa Oliveira, responsável pela futura abordagem que o consórcio "Riscos" fará em sismologia. Ele foi um dos especialistas que expôs os seus pontos de vista nas múltiplas sessões do Encontro com a Ciência e Tecnologia 2010, que hoje, quarta-feira, encerra em Lisboa e tem feito, desde há quatro dias, uma sabatina
sobre as pesquisas dos 25 Laboratórios Associados.

Para Carlos Sousa Oliveira, há casos em que se pode fazer reabilitação antes do desastre. Isso está a acontecer em Istambul, onde a probabilidade de ocorrência de um abalo destruidor tem um alcance de 20 anos. A capital económica turca está a ser reforçada nas suas pontes e outras infra-estruturas. O facto de em Portugal o ciclo previsível de um grande sismo ser de séculos abranda as precauções,
admite o mesmo investigador.

"As pessoas estão convencidas de que isso não lhes vai bater à porta e os políticos seguem o ciclo dos quatro ou cinco anos", constata. Mas, adianta, "há muita pesquisa para fazer, incluindo novas tecnologias para reforçar casas e com preços acessíveis".
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Volta à Áustria: Tiago Machado segura quinto posto

O português Tiago Machado segurou a quinta posição na «geral» da Volta à Áustria, após cumprida a terceira etapa da prova, vitoriosa para o italiano Leonardo Bertagnolli (Androni-Diquigiovanni).
Machado foi 21.º classificado na tirada, entre Kitzbühel e Lienz (135,5 km), integrado no grosso do pelotão, a 40 segundos do vencedor. O italiano Riccardo Riccó (Ceramica Flaminia) manteve a liderança na classificação geral, tendo menos 2,21 minutos do que o português.
"A BOLA"

Operadores de TV podem vir a interferir na informação

O Governo leva hoje à discussão na Assembleia da República uma proposta de lei que altera a Lei da Televisão e que permite pela primeira vez aos operadores/conselhos de administração interferir nos conteúdos de natureza informativa. Esta interferência só é, porém, permitida quando a matéria noticiosa não respeite o "acatamento de prescrições legais cujo incumprimento origine responsabilidade penal ou contra-ordenacional por parte do operador de televisão".
O artigo 35 da lei ainda em vigor, denominado "Director", tem apenas dois pontos que indicam que cada serviço de programas televisivo deve ter um director responsável pela orientação e supervisão da área de conteúdo de emissões e outro pela programação informativa.
Na nova proposta de lei, o capítulo 35 passa a chamar-se "Responsabilidade e autonomia editorial". Mantém os dois pontos da lei em vigor, mas acrescenta-lhe mais cinco.
No ponto 6 é afirmado: "Os cargos de direcção ou de chefia na área da informação são exercidos com autonomia editorial, estando vedado ao operador de televisão interferir na produção dos conteúdos de natureza informativa, bem como na forma da sua apresentação."
Logo a seguir (ponto 7), vem a excepção: "Exceptuam-se do disposto no número anterior as orientações que visem o estrito acatamento de prescrições legais cujo incumprimento origine responsabilidade penal ou contra-ordenacional por parte do operador de televisão."
"PÚBLICO"

50 milhões em juros

Cinquenta milhões de euros. É este o valor dos juros de oito por cento que a indústria farmacêutica vai cobrar aos hospitais pela dívida de 851 milhões de euros no fornecimento de medicamentos. O anúncio foi feito ontem pela Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma). A cobrança de juros pelos laboratórios ao Estado é uma situação inédita no País.
A decisão da cobrança dos juros foi tomada em assembleia geral da Apifarma, que representa 140 empresas da indústria farmacêutica. Segundo a associação, a dívida dos hospitais aos laboratórios atingiu em Maio os 851 milhões de euros. No entanto, é expectável que em Setembro esse valor ascenda aos mil milhões de euros. A Apifarma sublinha que o "prazo médio de pagamentos à indústria atingiu em Maio os 331 dias, uma situação incomportável para as empresas do sector",
contrariando os números do Governo.

"CORREIO DA MANHÃ"

Novos depósitos das famílias em mínimo de quatro anos

Os bancos captaram apenas 5,9 mil milhões de euros em Maio, numa altura de fortes constrangimentos no financiamento do sector financeiro.
Há quatro anos que as famílias não depositavam tão pouco dinheiro nos bancos, de acordo com os dados do Banco de Portugal. Em Maio, o sector financeiro captou apenas 5,9 mil milhões, um reflexo da menor poupança dos portugueses, mas também da baixa atractividade deste produto. É mais um sinal negativo para a banca, numa altura em que o financiamento escasseia.
Os novos depósitos dos particulares junto das instituições financeiras nacionais caíram pelo terceiro mês, em Maio, mas a tendência de quebra nos montantes aplicados a prazo junto da banca já se arrasta desde o início do ano passado. O valor depositado em Maio foi o mais baixo desde Junho de 2006, ou seja, há quase quatro anos, revelam os dados do Banco de Portugal.
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

Hugo Almeida aceita encarnados

EX-AVANÇADO DO FC PORTO
Vinculado ao Werder Bremen, Hugo Almeida é um dos nomes que tem sido apontado como potencial reforço dos encarnados. Formado no FC Porto, o internacional português, de 26 anos, não esconde que gostava de regressar e diz-se "contente por saber do interesse do Benfica".
"Tenho mais um ano de contrato com o Werder Bremen e, se não sair este ano, serei depois um jogador livre. Estou bem na Alemanha mas o Benfica é um grande clube", disse.
"RECORD"

PJ alerta para passagem de notas falsas de 50 euros

Turistas trazem na bagagem notas falsas. Adquirem bens baratos, recebendo como troco significativos valores em moeda verdadeira. Esta semana já houve três detenções.
A Polícia Judiciária (PJ), do Algarve, está preocupada com a passagem de notas falsas, sobretudo de 50 euros, em especial em Vilamoura, Quarteira e Albufeira,em particular nos estabelecimentos nocturnos. Ao que o DN apurou, com este fenómeno a região tem prejuízos anuais na ordem de milhares de euros.
Ao DN, o presidente da Direcção da Associação de Comércio e Serviços do Algarve, João Rosado, admitiu que os prejuízos ascendem a muitos milhares de euros, já que "com a chegada do Verão e dos turistas é uma situação recorrente", frisou.
Exemplo disso é que, em três dias, as autoridades - PJ e GNR - detiveram um homem e um casal por terem pago com notas de 50 euros falsas valores irrisórios, o que lhes iria fazer render um lucro nunca inferior a 40 euros, como é habitual acontecer. Sendo esta uma situação que os criminosos repetem em vários locais, chegam a angariar centenas de milhares de euros.
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

O FILHO DE CRISTIANO RONALDO


Nome da mãe biológica apagado
após caso ser analisado por juiz


Cristiano Ronaldo terá recorrido aos serviços de uma barriga de  aluguer


Casais inférteis e pessoas solteiras são quem mais procura empresas de barrigas de aluguer nos EUA. Saiba como tudo acontece

Sarah Jessica Parker, Michael Jackson, Ricky Martin e, ao que tudo indica, Cristiano Ronaldo. Estas são quatro figuras maiores do espectro mediático mundial que recorreram aos serviços de uma barriga de aluguer para conceber um filho. O DN explica-lhe como é que o processo se desenrola.

1. A inscrição

Nos estados norte-americanos onde as barrigas de aluguer são legais (as excepções são Arizona, Michigan, Nova Iorque, Utah, Washington e Columbia), existem empresas que ajudam os interessados a encontrar uma barriga de aluguer. Estas organizações fornecem todo o tipo de serviços, desde a procura da mulher, aconselhamento médico, psicológico e jurídico. Os interessados têm de preencher um formulário e é iniciado o processo de procura de uma barriga de aluguer.

2. A escolha

Após ser paga uma taxa de inscrição (que ronda os 6700 euros, mais 9400 euros quando é celebrado o contrato com a barriga de aluguer) que dá início ao processo e após a escolha do método da gravidez (inseminação artificial, com possível recurso a dadora de óvulos e/ou dador de esperma), os interessados procuram, em parceria com a empresa, a mãe ideal para o seu filho. O perfil-tipo de uma barriga de aluguer é uma cidadã norte-americana, com idade compreendida entre os 21 e os 42 anos, que tenha um ou mais filhos, com uma situação financeira estável e que não fume. As candidatas são sujeitas a um rigoroso processo de selecção, que inclui testes médicos e psicológicos, recolha de registo criminal e de saúde. O(s) pai(s) são também sujeitos ao mesmo tipo de exames.

3. O encontro

A empresa marca um encontro (pessoal ou por videoconferência) entre o cliente e a barriga de aluguer, para que tenham uma conversa casual e percebam se existe empatia com a mulher que vai levar a cabo a gravidez. Oito a 12 semanas é o tempo médio de espera desde a escolha da mulher até à confirmação da gravidez.

4. A gravidez

Quantas mais gravidezes uma barriga de aluguer tiver, maior será a sua compensação financeira. Numa primeira gravidez, o valor ronda os 16 mil euros. À terceira, este montante pode ascender aos 23 mil euros. O casal terá ainda que suportar todas as despesas da grávida, desde cuidados médicos, acompanhamento psicológico, viagens, roupa, e um valor correspondente aos salários que a mulher receberia se estivesse a trabalhar.

5. A legalização da paternidade

Ao nascer nos EUA, a criança é automaticamente considerada cidadã norte-americana. No hospital, o nome da mãe biológica é incluído no documento. Depois, os serviços legais da empresa iniciam um processo jurídico para que o nome da barriga de aluguer seja truncado e fique inacessível publicamente. Depois, o advogado comparece perante um juiz e explica que os requisitantes dos serviços são os pais da criança e será o nome dos mesmos que constará da certidão. Assim que é emitida a nova certidão de nascimento, é de imediato pedido um número de segurança social e um passaporte.

6. A chegada do bebé

No caso de um casal estrangeiro, quando este regressa com o filho ao seu país de origem, terá de fazer um pedido de naturalização da criança, para que esta tenha a mesma nacionalidade dos pais. O processo de obtenção de toda a documentação necessária para que o bebé possa sair dos Estados Unidos demora cerca de três a quatro semanas.

7. Voltar atrás

Alguns casais requisitam uma mulher que seja pró-aborto, caso se venha a detectar alguma anomalia no feto durante a gestação e que seja a favor de seleccionar embriões, ou se trate de uma gravidez múltipla. Se se tratar de uma barriga de aluguer tradicional (os óvulos são da mesma e não de uma dadora), normalmente há um período de 24 horas de reflexão, em que a mulher pode optar por ficar com o bebé.


in "DIÁRIO DE NOTÍCIAS"
07/07/10

LUZ LASER - alarvidade

video
enviado por CAMY

PARA OS FILHOS

Caro (a) amigo (a),

Nestas férias o ATL de Verão do
Pavilhão do Conhecimento-Ciência Viva vai ser biodivertido!

Em pleno Ano Internacional da Biodiversidade, as crianças entre os 6 e os 12 anos vão identificar os insectos dos jardins, apanhar minhocas, conhecer o mundo dos morcegos e descobrir que quem vive no fundo do mar brilha no escuro.E como a ciência está sempre à espreita no Pavilhão do Conhecimento, os pequenos exploradores irão ainda observar flores à lupa, representar uma peça de teatro dedicada aos insectos, construir um herbário e confeccionar pudins e gomas a partir de algas. Porque afinal a cozinha também é biodiversa.

As inscrições estão abertas!
Datas: De 21 de Junho a 10 de Setembro

Nota: o programa repete-se de 15 em 15 dias, tendo cada dia um tema diferente.
Idades: dos 6 aos 12 anosHorário: das 9h00 às 18h00 (as crianças serão recebidas a partir das 8h30)
Preço:5 dias - 160 euros (sócios: 140 euros)
1 dia - 40 euros (sócios: 35 euros)Almoço e lanche incluídos.

Marcações:Tel. 21 891 71 00
Fax 21 891 71 71

JORNAIS DE HOJE

COMPRE JORNAIS

clique para ampliar








MESQUITA SHEIK ZAYED