segunda-feira, 21 de junho de 2010

A EVOLUÇÃO DO ROUBO

CONSULTA GINECOLÓGICA

PEDRO NORTON






A pescada

Os partidos e a disciplina que impõem ganharam um peso de tal maneira atrofiante que conseguem o milagre de transformar deputados capazes em simples máquinas de votar

1 - Não será particularmente recomendável mas é verdade. Eu, que sem mais provas do que os demais portugueses, estou até convencido de que José Sócrates conhecia bem o negócio PT/TVI, sou obrigado a fazer minhas as palavras de Rui Pedro Soares. "O relatório apresentado é como a pescada: antes de ser já o era." Mas para que não se diga que faço do jovem prodígio a fonte de toda a minha inspiração, relembro (num breve assomo narcísico) o que escrevi, nas páginas da VISÃO, no passado mês de Março: "a Comissão Parlamentar de Inquérito ao caso do negócio da PT / TVI dificilmente vai ser muito mais esclarecedora do que têm sido as mediáticas sessões da Comissão de Ética (...). No fim do dia, todos vão concluir aquilo que já tinham concluído antes de sequer se ter iniciado qualquer um destes processos. O PS ficará (continuará) convencido de que José Sócrates nunca mentiu. A oposição não terá (já não tem) qualquer dúvida de que ele não fez outra coisa. E o problema começa aqui. É que as conclusões da Comissão Parlamentar terão pouco a ver com uma "verdade inequívoca" que um qualquer tribunal tentaria apurar. As conclusões da Comissão vão ser, muito mais prosaicamente, apenas e só, as conclusões da oposição maioritária (9 deputados, na Comissão, contra os 8 do PS). "José Sócrates mentiu." Na melhor das hipóteses, "o senhor primeiro-ministro faltou à verdade ao Parlamento (...) Independentemente do que, verdadeiramente, se tenha passado, é inevitavelmente o que concluirão. É o que já concluíram". Como não sou bruxo nem me tenho na conta de um analista divinamente iluminado, é preciso procurar as razões para esta astrológica profecia noutro lado: a independência está para as comissões parlamentares de inquérito como o multipartidarismo está para a Coreia do Norte. Digam-me quem vota, dir-vos-ei como vota.

2 - Dito isto, é da mais elementar justiça lembrar que não acertei em toda a linha. Ingénuo, acreditei que entrávamos numa via sem retorno. Que se arriscava a conduzir o País a uma crise política se as oposições fossem minimamente coerentes com as conclusões que já então se adivinhavam. Mas parece que, de então para cá, "o Mundo mudou". E que ninguém está verdadeiramente interessado em ocupar, antes de meados de 2011, a cadeira escaldante de José Sócrates. Não fosse esse "pequeno" contratempo e será que estaríamos agora entretidos a discutir as bizantinas diferenças entre "mentir" e "faltar à verdade"? Eis o que é verdadeiramente impossível de provar.

3 - Como nem tudo é mau, é justa uma palavra de louvor para alguns deputados. Não é por falta de parlamentares inteligentes e bem preparados (João Semedo, Cecília Meireles, João Oliveira, Pedro Duarte) que a Assembleia da República se desacredita ou que as comissões parlamentares de inquérito parecem óperas bufas. Mais uma vez, é preciso procurar mais longe. Pelo meu lado, arrisco-me a dizer que, no sistema político português, as máquinas partidárias e a disciplina que impõem ganharam um peso de tal maneira atrofiante que conseguem o milagre de transformar deputados capazes em simples máquinas de votar.
in"VISÂO" 17/06/10

SOLAR CITY TOWER


O desafio passou por conceber uma estrutura vertical localizada na ilha de Cotonduba que, além de ter a função de torre de observação, se torne num símbolo de boas-vindas para quem chegar ao Rio de Janeiro por via aérea ou marítima, uma vez que esta será a cidade anfitriã dos Jogos Olímpicos de 2016. Projectada pelo gabinete RAFAA, sedeado em Zurique, na Suíça, e denominada «Solar City Tower», esta estrutura foi escolhida como a resposta adequada à proposta inicial e tem a potencialidade de gerar energia suficiente não só para a aldeia olímpica, como para parte da cidade do Rio. A sua concepção permite-lhe aproveitar a energia solar diurna através de painés localizados ao nível do solo, ao mesmo tempo que a energia excessiva produzida é canalizada para bombear água do mar pelo interior da torre, produzindo um efeito de queda de água no exterior. Esta água é simultaneamente reaproveitada através de turbinas com o objectivo de produzir energia durante o período nocturno. Estas características permitem atribuir o epíteto de torre sustentável a este projecto, dando continuidade a alguns dos pressupostos do «United Nation?s Earth Summit» de 1992, que ocorreu igualmente no Rio de Janeiro, contribuíndo para fomentar junto dos habitantes da cidade a utilização dos recursos naturais para a produção de energia.

A Solar City Tower engloba ainda outras funcionalidades. Anfiteatro, auditório, cafetaria e lojas são acessíveis no piso térreo, a partir do qual se acede igualmente ao elevador público que conduzirá os visitantes a vários observatórios, assim como a uma plataforma retráctil para a prática de bungee jumping. No cimo da torre é possível apreciar toda a paisagem que circunda a ilha onde estará implementada, bem como a queda de água gerada por todo o sistema que integra a Solar City Tower, tornando-a num ponto de referência dos Jogos Olímpicos de 2016 e da cidade do Rio de Janeiro.





CONCEPÇÃO TÉCNICA

ZUCHERO - ao vivo

ORA TOMA


Vingança psicológica


Um homem está na cozinha, a fritar um ovo, quando a sua mulher chega e
começa a gritar, como uma louca:

- “PÕE MAIS ÓLEO!!! PÕE MAIS ÓÓÓÓÓLEOOOO!!! VAI COLAR AO FUUUUUUNDO...CUIDADO!!! VIRA, VIRA, ANDA VIRA... RÁÁÁÁPIDO!!! VAI, CUIDADO!
CUIDADO!!! VAI ESPIRRAR...!!!!!! PARECE QUE É LOUCO. VAI ENTORNAR... AI, MEU DEUS! O SAAAAAAALLLL!!!!! NÃO ESQUEÇAS O SAAAAAALLL!!!

O homem, trêmulo, transtornado e irritado com os beeeerroooos, pergunta:

- “Por que é que estás a fazer isso?!? Achas que eu não sei fritar um ovo?” E a mulher , bem calma, responde:
- “Nada de especial, isto é só para teres uma ideia do que fazes comigo quando eu conduzo!!

enviado por MARTINS

JUDIARIA


Um jovem namorava com uma rapariga judia e queria casar-se com ela mas para isso precisava da autorização do pai dela.

Ao chegar a casa dele, o pai dela explicou-lhe:

- "Nós somos judeus e temos uma forma peculiar de fazer as coisas. Se quiseres casar
com a minha filha tens que passar por uma prova. Toma esta maçã e volta amanhã."
O jovem saiu meio alucinado de casa. No dia seguinte voltou.
-"Muito bem, disse o "sogro", que fizeste com a maçã?"

-"Comi-a. Tinha fome."
O "sogro" replicou:

-"Vês? Muito mal, nós judeus descascamos a maçã e,com a casca fazemos um delicioso licor. Partimos em duas e damos metade aos pobres e com a outra repartimos com a nossa família. Metade das sementes vendemos no mercado e a outra metade, quando tivermos mais, plantamos. Já viste como somos?"

-"Bom, vou-te dar outra oportunidade. Toma este chouriço e volta amanhã."
O tipo saiu um pouco lixado e voltou no dia seguinte.

-"Então, que fizeste com o chouriço?"

-"Com o fio fiz uns cordões para os meus sapatos, com o chumbinho fiz um pendente para pôr
no fio da sua filha. Parti o chouriço a meio, cortei-o em rodelas e metade dei aos pobres e a outra metade reparti com a família".
-"Muito bem! E que fizeste com a pele?"

-"Com a pele fiz um preservativo, dei uma queca na sua filha e trago-lhe aqui o
RESÍDUO
LÁCTEO para fazer um galão!"

4 - UMA SOMBRA PRAZENTEIRA






2 - À V E L A

clique para ampliar







HARAKIRI COREANO

SETE A ZERO
PORTUGAL GANHA SEM APELO NEM AGRAVO COM A MAIOR GOLEADA DESTE CAMPEONATO

DESEJAMOS QUE DE REGRESSO À COREIA OS JOGADORES NÃO SEJAM FUZILADOS

TENHA UM BOM DIA


COMPRE JORNAIS


Carlos Queiroz: «Jogo de tudo ou nada»

O selecionador nacional, Carlos Queiroz, garante que o jogo de amanhã, segunda-feira (12.30) com a Coreia do Norte, é decisivo para as aspirações de Portugal no Mundial. "É um jogo de tudo ou nada e os jogadores têm consciência disso. É um jogo decisivo para a contabilidade do grupo. Vamos encará-lo com determinação e ambição, à procura do único resultado que queremos: a vitória", afirmou Queiroz este domingo em conferência de imprensa.
No entanto, o técnico desmistifica a ideia da Coreia do Norte ser o "parente pobre" do Grupo G. "Respeitamos a Coreia do Norte. Pelo que temos visto neste Mundial, todos os jogos são muito difíceis, o diabo está sempre atrás da porta. Quando há uma perca de bola, as equipas recuam todas para trás da linha da bola, para defender. Os treinadores não estão a fazer a vida nada fácil a ninguém". E prosseguiu: "Ainda não chegou a hora de jogos mais abertos, de arriscar".
"RECORD"

Finanças avisam reformados que subsídio de férias chega só em Julho
As Finanças enviaram uma carta aos pensionistas da Caixa Geral de Aposentações (CGA) a avisar que o subsídio de férias seria pago, como habitualmente, juntamente com a pensão
do mês de Julho e não este mês.

Esta correcção surge depois de, em Janeiro, a CGA ter enviado um calendário informativo de pagamento mensal de pensões para 2010 onde dizia, "por lapso", que o 14º mês seria pago em Junho.
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

PS já discute o futuro de Sócrates
A evolução da economia e a acumulação de 'casos' transformaram o futuro de Sócrates numa incógnita. No PS deixou de ser certo que se recandidate novamente
Na reunião da bancada parlamentar do PS onde as eleições presidenciais foram tema único (em 26 de Maio), José Sócrates manteve-se quase sempre calmo. Quase.
A certa altura, o seu rosto crispou-se. Maria de Belém - que entretanto foi anunciada como mandatária nacional de Manuel Alegre - explicava as razões que, no seu entender, deveriam levar o líder do PS a apoiar a candidatura presidencial do histórico socialista. Usou, porém, um argumento inesperado.
Foi algo do género: um dia Sócrates deixará de ser primeiro-ministro e secretário-geral do PS. E verá a maior parte dos seus actuais "amigos" abandoná-lo. Se tiver em Belém um homem como Alegre, verá que ele lhe "dará a mão". Não o abandonará. Foi nessa altura que Sócrates se agitou. Mostrando, com o gesto, que acha que não precisa para nada da "mão" de Alegre.
O que conta neste caso é que, pela primeira vez numa reunião de topo no PS, alguém verbalizou o fim da carreira de Sócrates como líder do PS e chefe do Governo. É algo de que se começa a falar, embora, é claro, muito discretamente.
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

PSD dividido: Comissão discute apagar "república" da Constituição
O PSD está a discutir uma alteração à Constituição que, a ser aprovada, permitiria que Portugal se tornasse uma monarquia. A proposta de alteração da alínea b do artigo 288 da Constituição Portuguesa, que impõe a forma republicana de governo, já foi posta a discussão na comissão de revisão constitucional do PSD, sabe o i. A iniciativa passa por substituir o artigo constitucional que limita a natureza do regime português a uma republica por um outro que apenas imponha uma natureza democrática de governo. Com esta alteração, passaria a poder existir em Portugal qualquer regime político, desde que seja democrático.
"i"

Manutenção Militar e Oficinas à espera do encerramento
Dívidas são superiores a 75 milhões. Governo garante extinção. 1400 trabalhadores vivem em sobressalto
Cerca de 1400 trabalhadores da Manutenção Militar e das Oficinas Gerais de Fardamento e Equipamento do Exército vivem num sobressalto permanente, por falta de decisão governamental quanto ao futuro. As duas empresas, ameaçadas de extinção, estão atoladas em dívidas.
O Ministério da Defesa já por várias vezes anunciou a decisão de reestruturar as duas empresas, um processo iniciado ainda em 2007, mas até agora nada foi decidido, não obstante as medidas restritivas nas finanças públicas, justificadas pela crise económica. As dívidas acumuladas pela Manutenção Militar (MM) e pelas Oficinas Gerais de Fardamento e Equipamento (OGFE) ultrapassam os 75 milhões de euros, sendo mais de metade da responsabilidade da primeira, faltando saber, em caso de extinção, quem vai assumir a dívida.
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

Madail garante «ambiente sereno» na Selecção
O presidente da Federação Portuguesa de Futebol garante que o ambiente no seio da Selecção Nacional é «sereno». Aliás, segundo Gilberto Madail, pelo espírito evidenciado pelos jogadores, há total «determinação e vontade» para cumprir os objectivos, nomeadamente no jogo com a Coreia do Norte.
«Todos estão plenamente concentrados e confiantes para o jogo com a Coreia do Norte», disse Madail, que falava após a colocação de uma coroa de flores junto da estátua de Bartolomeu Dias na Cidade do Cabo. «Esta cerimónia representa a nossa determinação em passar este cabo», disse a propósito.
"A BOLA"

Registo de automóveis do Estado aumenta
para 28.793 viaturas em 2009

O Estado tinha 28.793 veículos (automóveis e motociclos) no final do ano passado com uma média de 11,6 anos, sendo que 74 por cento das viaturas matriculadas tinham mais de sete anos. Este número representa um aumento face às cerca de 27.500 viaturas registadas no final de 2008.
O relatório e contas de 2009 da Agência Nacional de Compras Públicas (ANCP) revela, porém, que foram efectuadas 608 autorizações para aquisição de novos veículos e que se verificou o abate/desmantelamento de 1.572 veículos ao Parque de Veículos do Estado (PVE) por cada novo veículo adquirido.
Confrontado pelo PÚBLICO com esta discrepância nos números constantes nos relatórios de 2009 e 2008 - afinal, o PVE aumentou ou diminuiu no ano passado? -, o Ministério das Finanças respondeu que, "durante o ano de 2009, foi concluído um processo de inventário do PVE e integrada no novo Sistema de Gestão do Parque de Veículos do Estado (SGPVE) toda a informação actualizada da frota".
"PÚBLICO"

‘Barão Vermelho’ ganha 1100 euros
Alexandre Alves, presidente da RPP Solar, disse às Finanças que apenas ganha 15 400 euros por ano de uma empresa de recursos humanos.
Basílio Horta, em nome da AICEP, assinou o acordo através do qual o Estado deu a Alexandre Alves um apoio no valor de 127,9 milhões de euros.
"CORREIO DA MANHÃ"

" FAZ O QUE EU DIGO, NÃO FAÇAS O QUE EU FAÇO ... "

Como anda este país....

Para quê perder tempo a dizer mal do adversário?
Mudam as moscas mas a
porcaria é a mesma!
Está o gajo sempre a falar em boys !
Até para a mãe com 79 anos arranjou um
tacho. E que tacho!!!

FRANCISCO ANACLETO LOUÇÃ, de 49 anos de idade, portador do Bilhete de
Identidade nº 4711887, emitido pelo Arquivo de Identificação de Lisboa em 6 de Abril de 1998, filho de António Seixas Louçã e de Noémia da Rocha Neves Anacleto Louçã, solteiro, professor universitário, natural de São Sebastião da Pedreira, Lisboa e residente na Avenida Duque de Loulé nº 105, 1º, Lisboa;

Despacho (extracto) n.º 5296/2010
Assembleia da República - Secretário-Geral Nomeação da licenciada Noémia da Rocha Neves Anacleto Louçã para a categoria de assessora do Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda.
Digamos que se trata de uma jovem senhora com 79 anos uma bonita idade para ser nomeada para a AR.

POETA DE PÉ QUEBRADO


UMA BURCA PARA GEISY

por Miguezim de Princesa


Quando Geisy apareceu

balançando o mucumbu

na Faculdade Uniban,

foi o maior sururu,
teve reza e ladainha;
não sabia que uma calcinha

causava tanto rebu.

Trajava um mini-vestido,

arrochado e cor de rosa,

perfumada de extrato,

toda ancha e toda prosa,

pensou que estava abafando

eia ter rapaz gritando:
"Arrocha a tampa, gostosa!

Mas Geisy se enganou,

o paulista é acanhado:

quando vê lance de perna,

fica logo indignado.

Os motivos eu não sei,

mas pra passeata gay
vai todo mundo animado!


Ainda na escadaria,

só se ouvia a estudantada

dando urros, dando gritos,
colérica e indignada

chamando-a de prostituta

de mulherzinha safada.

Geisy ficou acuada,


Num canto, triste a chorar,

procurou um agasalho

para cobrir o lugar,

quando um rapaz inocente disse:
"oh troço mais indecente,

acho que vou desmaiar!

A Faculdade Uniban,
que está em último lugar
nas provas que o MEC faz,
decidiu no mesmo instante

expulsar a estudante

do seu quadro regular.


Totalmente escorraçada,

sem ter mais onde estudar,

Geisy precisa de ajuda

para a vida retomar,

mas na novela das oito

é um tal de molhar biscoito

e ninguém pra reclamar.


O fato repercutiu
de Paris até Omã.

soube que Ahmadinejad

festejou lá no Irã,

Foi uma festa de arromba

com direito a carro-bomba
da milícia Talibã.


E o rico Osama Bin Laden,

agradecendo a Alá,
nas serras cazaquistãs

onde foi se homiziar
com uma cigana turca,

mandou fazer uma burca

para a brasileira usar.


Fica pra Geisy a lição
desse poeta matuto:

proteja seu bom guardado

da cólera dos impolutos,

Guarde bem o tacacá

e só resolva mostrar

a quem gosta do produto.

MUSEU RTP


Na margem esquerda da página
do nosso blogue no grupo
" A PEIDA AOS SITES"
inserimos o site do museu da RTP,
ABSOLUTAMENTE IMPERDÍVEL


(é só clicar)

OXALÁ NÃO

ESPIRITO DESPORTIVO III

Que raio de horta é essa??????!!!!!!!!!!!........






JORNAIS DE HOJE

COMPRE JORNAIS

clique para ampliar