sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

HAPPY NEW YEAR 2011

BRINDANDO

video

CALENDÁRIO PARA 2011

UM AVISO DO NOSSO AMIGO MILHAZES

Burla nos parques de estacionamento das grandes superfícies

Cuidado, que não vos aconteça como a mim. Aviso-vos de uma burla que estão a fazer por estes dias e na qual está a cair bastante gente.
Fazem-na nos parques de estacionamento de grandes superfícies.

O truque funciona assim:
duas miúdas muito giras, entre os 18 e os 20 anos, aproximam-se do carro enquanto guarda as suas compras no porta-bagagens. Começam então a limpar o pára-brisas com esponjas deixando sair dissimuladamente um seio das suas camisas apertadas.

Quando, no final, para agradecer, tenta dar-lhes uma gorjeta, elas
recusam e pedem em troca que as leve a algum local perto. Se aceita, entram-te no carro e sentam-se nos bancos traseiros. Enquanto conduz, começam entre elas a fazer jogos lésbicos. Quando chega ao local, uma delas, fazendo-se de agradecida, entra para o banco da frente e pratica sexo oral consigo, enquanto a outra, sem que se dê conta, lhe rouba o pão e os iogurtes.

Com este esquema engenhoso, já me roubaram as compras na sexta-feira passada, no sábado, no domingo, 3 vezes na segunda-feira, esta manhã e muito provavelmente também amanhã à tarde e à noite, se eu tiver tempo...

NR: Muito obrigado pelo alerta, os (machos) redactores deste blogue irão para o terreno tentar desmascarar estas malfeitoras.







UM ITALIANO EM MALTA

1 - CORRIDAS NA ESTRADA

DIVIRTA- SE NO FIM DO ANO



PREPARÁMOS-LHE UM JOGO DIVERTIDO PARA O SEU FIM DE ANO.
COM ELE VAI TER A OPORTUNIDADE DE TORPEDEAR ALGUNS QUE DE SI ESCARNEÇERAM EM 2010

PETIÇÃO

Mensagem do Dr. Daniel Pereira da Silva director do serviço de Ginecologia do Instituto Português de Oncologia (IPO) de Coimbra ... 2 minutos ...


Caros Amigos e Amigas

Preciso da vossa ajuda. Assinem a petição www.cervicalcancerpetition.eu para que o cancro do colo do útero venha a ser discutido no parlamento europeu, de modo a que os rastreios sejam uma realidade em todos os países, nomeadamente em Portugal, onde só existe na região centro.

Obrigado

Assinem a petição e reencaminhem a todos os vossos contactos.
NÃO CUSTA NADA ENCAMINHAR
Por favor encaminhem esta MENSAGEM para os vossos amigos e amigas.
Obrigado !

ANTÓNIO RIBEIRO FERREIRA


Pilares da corrupção

Os deputados da Nação aprovaram uma nova lei de financiamento partidário. Acontece que a anterior legislação estava em vigor há pouco tempo, feita pelos mesmos representantes do povo.

Mas, evidentemente, tinha algumas falhas, nomeadamente, impedia a entrada de dinheiro nos cofres partidários sem qualquer controlo. O Estado, como se sabe, sustenta os partidos a pão-de-ló.

São muitos milhões de euros todos os anos para tudo e mais alguma coisa, incluindo a tralha atirada ao lixo nas campanhas eleitorais. Agora, até as multas por infracções à nova lei vão ser pagas com a massa dos impostos.

Já se sabia que as forças políticas eram autênticas agências de tachinhos, tachos e tachões para boys e girls. Agora, passam a ser também os verdadeiros pilares da corrupção.

IN "CORREIO DA MANHÃ"
28/12/10

RELATÓRIO DAS VISITAS AO BLOGUE

 
Com a modéstia que nos caracteriza, mas confessamos com  indisfarçável alegria, publicamos resultados das visitas à "a peida é um regalo do nariz a gente trata" desde o seu início e também da semana compreendida entre 18/12 e 24/12
A fonte é a empresa citada já a seguir

reports@sitemeter.co

 
 
    a peida é um regalo...do nariz agente trata      
                    (s18pencaxeirante)                      

                    -- Site Summary ---                     
          Visits

            Total ....................... 14,290            
            Average per Day ................. 40            
            Average Visit Length .......... 6:39            
            This Week ...................... 281            

          Page Views

            Total ....................... 34,836            
            Average per Day ................ 110            
            Average per Visit .............. 2.7            
            This Week ...................... 770            

  http://s18.sitemeter.com/stats.asp?site=s18pencaxeirante  

                  --- Visits this Week ---                  
       Day
Hour 12/18  12/19  12/20  12/21  12/22  12/23  12/24   Total
---- ----- ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
 1       3      0      3      0      2      2      2      12
 2       1      3      0      0      4      1      0       9
 3       1      2      1      1      2      1      0       8
 4       3      2      3      0      0      2      0      10
 5       0      1      1      0      0      0      0       2
 6       0      0      0      0      0      0      0       0
 7       2      0      1      1      1      0      0       5
 8       0      0      0      0      2      0      0       2
 9       1      0      2      1      1      2      0       7
10       3      1      5      4      1      3      0      17
11       2      0      0      2      1      3      0       8
12       0      3      1      3      0      2      0       9
13       0      0      5      4      3      1      1      14
14       1      3      1      2      4      1      0      12
15       0      1      4      4      3      4      2      18
16       1      2      4      5      4      6      0      22
17       0      0      4      5      3      0      2      14
18       4      1      3      4      5      1      2      20
19       2      2      4      0      0      7      4      19
20       1      3      3      0      2      1      1      11
21       0      3      4      1      0      1      2      11
22       3      4      2      1      5      2      1      18
23       2      2      2      3      2      2      1      14
24       2      5      4      4      2      0      2      19
    ------ ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
        32     38     57     45     47     42     20     281


                --- Page Views this Week ---                
       Day
Hour 12/18  12/19  12/20  12/21  12/22  12/23  12/24   Total
---- ----- ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
 1       6     19      8      0      3     22     16      74
 2       1     10      0      0     36     10      0      57
 3       1      3      1      4     10      2      0      21
 4       5      2      3      0      0      2      0      12
 5       0      2      1      0      0      0      0       3
 6       0      0      0      0      0      0      0       0
 7       2      0      5      9      1      0      0      17
 8       0      0      0      0      3      0      0       3
 9       1      0      6      1      7      2      0      17
10       6      1     12      8     15      8      0      50
11       3      0      1      5     15      6      0      30
12       2      3      1      6      8     15      0      35
13       0      0      5      6      6      4      4      25
14       2      5     13     10      7      1      0      38
15       0      1     13      4      3      8      3      32
16       1      6     17     11     11     13      0      59
17       0      0     10     17      3     17      2      49
18      19      1      3     11      7      5      2      48
19      11     13      5      0      0     22      5      56
20       2      3      6      0      2      5      7      25
21       0      4     15      1      0      3      2      25
22       3      5      2      1      7      3      1      22
23       3      8      5     15      2      3      2      38
24       6     11      5      4      4      0      4      34
    ------ ------ ------ ------ ------ ------ ------ -------
        74     97    137    113    150    151     48     770

RECICLAGEM DE EMBALAGENS TETRA PAK

AEROPLANE

1 - ESTAGIÁRIOS

PARQUEAR NO JAPÃO

AUTOMOBILISTA AZARADO

video

VIOLAÇÃO


Um velho de oitenta e dois anos 
foi acusado de violação...

No tribunal a advogada do velho segura-lhe a pila e pergunta ao juiz:
- O Sr. Dr. Juiz acha que esta “pilinha desfalecida e irremediavelmente desmoralizada” podia violar alguém?
O velho murmura para a advogada:
- Não a abane muito, doutora. Senão perdemos o caso!…

ESCULTURAS DE VIDRO

video

TENHA UM BOM DIA....

... e apesar dos pesares tenha 
                                UM BOM ANO


COMPRE JORNAIS

 FAMÍLIA EXEMPLAR E PORTUGUESA
Menino espanhol recebe quatro órgãos 
de criança portuguesa
Um menino espanhol de quatro anos recebeu um transplante de quatro órgãos abdominais de uma criança portuguesa, uma dádiva considerada um "milagre" pelos pais que já agradeceram à família doadora.
Foi a cooperação europeia a nível de transplantação que "permitiu este milagre", disse à agência Lusa a coordenadora nacional das unidades de colheita da Autoridade para os Serviços de Sangue e da Transplantação (ASST), Maria João Aguiar.
O menino recebeu um multitransplante -- duodeno, intestino, pâncreas e fígado -, uma operação "rara e difícil", segundo Maria João Aguiar.
Agora, a nova luta do rapaz de Arkotxa (Zaratamo, no País Basco) é adaptar o seu organismo aos novos órgãos doados por uma família portuguesa que perdeu o filho.
O transplante foi possível graças a uma doação proveniente de Portugal, disse o director da Organização Nacional de Transplantes espanhola, Rafael Matesanz.
"Perante a dificuldade de conseguir um doador em Espanha, estendemos as buscas além da nossa fronteira. O milagre ocorreu em Portugal: o país irmão com quem Espanha mantém uma cooperação muito estreita em matéria de transplantes e nos fez ver a luz no fim do túnel", adiantou Matesanz.
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

NÃO GASTEM TEMPO DE ANTENA
Presidenciais
Entrevistas individuais aos candidatos
A RTP apresenta na próxima semana uma série de cinco entrevistas individuais aos candidatos presidenciais, todas moderadas pela jornalista Judite de Sousa, anunciou a estação. Defensor Moura, Fernando Nobre, Francisco Lopes, Manuel Alegre e Cavaco Silva, por esta ordem, estarão presentes na «Grande Entrevista» entre segunda e sexta feira da próxima semana. A TVI disse que não irá ter entrevistas com os candidatos, enquanto que fonte do gabinete de comunicação da SIC disse não ter informação sobre o assunto.
"O PRIMEIRO DE JANEIRO

MIXORDEIROS
Com novos estatutos Madail pode ir a eleições
Gilberto Madail alimenta o suspense em torno da recandidatura a presidente da FPF. Mas clarifica posições e defende que é importantíssimo aprovar quanto antes os novos estatutos, que «podem trazer novas ideias ao futebol português».
Deixa no ar a sensação de que vai recandidatar-se, se a legalidade voltar à FPF. Mas há muitos interesses em jogo e muitos chitos a voar. Horácio Antunes (Coimbra) apresenta-se como candidato. Lourenço Pinto (Porto) torna público que Madail não será apoiado...
É cedo, muito cedo para o jogo dos candidatos ficar à vista de todos. Para já, a Associação de Braga coloca-se ao lado de Fernando Gomes e da conquista da legalidade. E que vai fazer Avelino Ribeiro, presidente da AG da FPF, que marcou eleições e diz não voltar atrás? E que rejeita qualquer pedido de alteração de estatutos antes das eleições que marcou. Isto vai aquecer...
"A BOLA"

PROTEGER AS GIRLS E OS BOYS
Chefias promovidas na Segurança Social
O Ministério de Helena André decidiu compensar as chefias da Segurança Social com promoções retroactivas.
A portaria, assinada pelo secretário de Estado da Segurança Social, Pedro Marques, e pelo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos, foi ontem publicada em Diário da República e autoriza a promoção de chefias e de directores dos quadros dos institutos da Segurança Social – nomeadamente Informática, Gestão Financeira, Gestão de Fundos e o próprio instituto que processa as pensões e os subsídios de desemprego.
Todos os cargos dirigentes destes institutos, que são várias dezenas, são promovidos e terão direito a um salário equivalente ao de director-geral.
Além da promoção salarial, que tem efeitos retroactivos a Janeiro de 2010, estas chefias também vão ter direito a despesas de representação entre vinte e trinta por cento, compatíveis com o novo cargo.
O Governo justifica a decisão com a ocasião propícia para se proceder "à qualificação e grau dos seus dirigentes e à adaptação da estrutura".
"CORREIO DA MANHÃ"

A PREDADORA DE PORTUGAL
Merkel: Europa está a passar "prova de fogo" 
e é preciso "reforçar o euro"
A chanceler alemã, Angela Merkel, afirmou na sua mensagem de Ano Novo, que a Europa "está durante estes meses perante uma grande prova de fogo" e tem de reforçar a moeda única, o euro.
"Não se trata apenas do nosso dinheiro, porque o Euro é muito mais do que uma moeda", sublinhou a chanceler alemã no discurso que será transmitido na sexta-feira à noite, na televisão pública alemã, mas que foi distribuído antecipadamente aos órgãos de comunicação social.
Angela Merkel defende que "os europeus estão unidos na sua sorte, e a Europa unida é o garante para a paz e a a liberdade, e o Euro a base do bem-estar" na Europa.
"A Alemanha precisa da Europa e da nossa moeda comum, tanto para o nosso bem-estar, como para superar grandes tarefas a nível mundial", vincou ainda.
"Assumiremos as nossas responsabilidades, mesmo que por vezes seja difícil", garantiu a chefe do governo da maior economia europeia.
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

 E PODE-SE VIVER DECENTEMENTE???
Actualização do salário mínimo para os 
485 euros em vigor a 1 de Janeiro
A atualização do Salário Mínimo Nacional (SMN) para os 485 euros entra em vigor a 01 de janeiro 2011, de acordo com o decreto-lei hoje publicado em Diário da República.
De acordo com o documento, o Governo "tomará as medidas necessárias" para nos meses de maio e de setembro "proceder à avaliação do impacte" desta atualização (de 10 euros face ao SMN de 2010), com o objetivo de ser atingido o montante de 500 euros até ao final do ano de 2011.
A medida foi anunciada pela ministra do Trabalho, Helena André, a 22 de dezembro, que garantiu que o objetivo do Governo era "atingir os 500 euros de SMN até outubro".
Segundo a ministra, esta proposta resultou dos pontos de vista da UGT, Confederação de Comércio e Serviços e Confederação Industrial Portuguesa e garante que os 500 euros serão uma realidade em 2011 e que o Governo legislará nesse sentido.
"i"

FAZ PARTE DA CRISE
Governo acaba com capital social mínimo 
de 5000 euros para constituir empresas
O Conselho de Ministros aprovou hoje a eliminação do capital social mínimo de 5000 euros para se poder constituir uma sociedade por quotas. Os sócios vão poder escolher livremente o valor que entenderem - mesmo que seja um euro.
Além de não ser necessário um capital social mínimo para abrir uma empresa - "uma exigência que já não se justifica", realçou o ministro da Presidência -, o investimento será igualmente mais fácil no momento da constituição da sociedade. Os sócios só terão que depositar o valor do capital social no final do primeiro ano do exercício económico, quando actualmente é obrigatório disponibilizar o dinheiro logo no momento da constituição da empresa.
Estas medidas, anunciadas no final da reunião do Conselho de Ministros, inserem-se no programa Simplex e "visa contribuir para reduzir os custos de contexto" e "promover o empreendedorismo", afirmou o ministro da Presidência em conferência de imprensa.
PÚBLICO"

CHAMEM-LHE OUTRO NOME
Dakar'2011: Safari sul-americano
33.ª edição tem portugueses com possibilidades de êxito

A 33.ª edição do Dakar arranca amanhã em Buenos Aires e termina dia 16 igualmente na capital argentina, num total de 9.500 quilómetros disputados em 13 etapas.
São muitas as opiniões contraditórias sobre o local onde a prova se deve realizar, mas depois de muitos anos em solo africano, a competição disputa-se pela 3.ª vez na América do Sul e, este ano, integram a caravana mais de 550 participantes.
Em automóveis, são dois os portugueses que se lançam à aventura. Apesar de terem objetivos distintos, Ricardo Leal dos Santos (BMW X3) e Francisco Inocêncio (Nissan Navara) querem lutar pelos primeiros lugares nas suas categorias.
"RECORD"

GESTÃO MISERÁVEL
Ausência de reformas e mal-estar 
na Justiça marcam 2010
Governo de minoria de José Sócrates mostrou falta de espírito reformista e a Justiça esteve a ferro e fogo. Não só entre a classe, como esta com o ministro.
Sócrates entrou o ano com um Governo de minoria e com uma equipa refrescada, acenando com reformas em áreas estruturais. Mudou os titulares das pastas da Saúde, da Educação, da Justiça, entre outros, com a promessa de um novo fôlego, de um apaziguar de ânimos em áreas que estiveram no centro da contestação no mandato anterior. Os ânimos, de facto, acalmaram, sobretudo com os professores, mas a nova equipa de Sócrates revelou, por força da falta de maioria e das medidas de austeridade entretanto impostas para tentar debelar a crise, um espírito pouco reformista. As bandeiras acenadas por José Sócrates durante a campanha que o levaria de novo a S. Bento eram já ‘requentadas', vinham do mandato anterior, e muitas dessas políticas públicas acabaram por não sair da gaveta.
"DIÁRIO ECONÓMICO"

CUMPRIMENTOS DE ANO BOM
Governo acusa PR de "branquear" 
ex-gestores do BPN
Ministro da Presidência ataca "acusações graves" de Cavaco à gestão actual do BPN. 
E 'forçou' reacção do banco público.

O caso BPN acaba de contaminar a campanha eleitoral e as relações entre o Executivo de José Sócrates e Belém. Depois de, no último debate de pré-campanha, o actual Presidente da República ter feito duras críticas à gestão da instituição bancária nomeada pelo Governo, Pedro Silva Pereira, ministro da Presidência, devolveu em tom idêntico - dizendo que não vai permitir "o branqueamento da responsabilidade da anterior administração do BPN".
No final do Conselho de Ministros de ontem, Silva Pereira disse que "foi feita uma acusação muito grave à actual administração da CGD, porque é ela a actual responsável pela gestão do BPN". Não foi precisamente isso, porque Cavaco referia-se aos responsáveis directos pela administração do BPN, ou seja, a Francisco Bandeira. Mas o ministro deixou claro que esperava uma resposta "da administração da CGD", liderada por Faria de Oliveira, ex-ministro de Cavaco, para "defender a sua honra". Acrescentando: "E eu espero que o faça, porque os contribuintes não podem ficar com essa dúvida."
Essa resposta veio, de facto, mas várias horas depois, já depois das 20.30. Num comunicado também duro, a administração do banco público diz considerar "injustas" as críticas do Presidente, explicando que se disponibilizou à Presidência para prestar "toda a informação" sobre a gestão do BPN, que diz "demonstrativa de que a gestão foi correcta, adequada, rigorosa e eficaz" face não só à situação "de falência técnica" do banco, da economia, mas também "às orientações do accionista" Estado.
Ao início da tarde, as palavras de Pedro Silva Pereira eram mais azedas para Cavaco. Dizendo mesmo que "o Governo não permitirá em circunstância alguma é que se procure branquear as responsabilidades da anterior gestão criminosa do BPN, assim considerada pelo Ministério Público e assim em julgamento nos tribunais".
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

SACANA

O COMBOIO DA VIDA

video

JORNAIS DE HOJE E SEMANÁRIO


COMPRE JORNAIS










BOM DIA

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

PRELIMINARES AMOROSOS

video

PROATIVO VERSUS REATIVO

video

ATÉ SEMPRE


CLIQUE 2XS PARA PODER LER


NR: Não sabemos de que embaixador se trata, não sabemos quando foi escrita, mas que é uma carícia na nossa auto-estima, isso é!!!!

NÃO HÁ CASA MAIS BELA

.
video

HELENA GARRIDO



O mundo mudou 
         José Sócrates

A dura realidade vale mais do que o melhor dos argumentos.


A mensagem de Natal do primeiro-ministro revela que o mundo mudou José Sócrates. Apesar disso, o pedido de ajuda financeira parece inevitável. Mas pelo menos já temos as medidas e as orientações políticas mais correctas em concretização.

O primeiro-ministro raramente se dirige ao País. E este ano deveria tê-lo feito pelo menos duas vezes. Quando aplicou o primeiro plano de austeridade em acordo com o PSD, após a intervenção europeia na Grécia, em Maio. E no dia 29 de Setembro, quando os portugueses foram confrontados, numa conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros, com o conjunto mais recessivo de medidas de que há memória desde a última intervenção do FMI na década de 80. Não o fez.

Sabemos agora que mudou. A intervenção de José Sócrates neste Natal revela uma autêntica revolução nas prioridades de política económica. Finalmente a razão substituiu a emoção e a negação da realidade.

Muitos foram os que anteciparam a inevitabilidade de mudar de política e de discurso. Era preciso reconhecer a crise, apelar à poupança e à redução do consumo e suspender os ditos grandes investimentos. José Sócrates foi avisado quer pela sua equipa no Governo como pelo Banco de Portugal e pelo Presidente da República. Mas só depois do Verão, após a ameaça séria de Portugal e a sua banca ficarem sem financiamento, é que o primeiro-ministro percebeu que não valia a pena combater os mercados financeiros.

Quando se fala, abstractamente, em mercados é preciso ter consciência de que se está simplesmente a dizer que o País está nas mãos dos credores e, como acontece com qualquer empresa ou família, tem de demonstrar que é capaz de pagar o que já deve. Caso contrário ninguém lhe quer emprestar mais. Foi isso que o primeiro-ministro não quis entender. Uma atitude que se compreende quando enquadramos esta dependência financeira do País no facilitismo de concessão de crédito em que viveu o sector financeiro. Mas que não se pode apoiar quando essa atitude, fundamentada em critérios de injustiça, é de um líder de Governo a quem se exige que resolva problemas e não se fique pela fúria.

Há um ano o primeiro-ministro insistia no investimento em "infra-estruturas de transportes e comunicações, escolas, hospitais, barragens e energias renováveis". É hoje claro que temos excesso de capacidade nos transportes. Nos hospitais há um problema de distribuição e só na educação - e na Justiça, esquecida também este ano - é que mantemos um défice de infra-estruturas e especialmente de organização.

Mas José Sócrates começou finalmente a perceber qual é o problema. É isso que se percebe na mensagem de Natal deste ano quando afirma que "está em causa o financiamento da nossa economia, a protecção do emprego, a credibilidade do Estado português, e o próprio modelo social em queremos viver". E como o problema pode e deve ser resolvido, com "reformas estruturais nos sectores, como a energia, a educação, a ciência, a tecnologia".

Apesar de toda a austeridade, apesar das mudanças na política económica e nos sinais dados às famílias e empresas, Portugal pode ter já o seu destino traçado. O pedido de ajuda financeira pode ser inevitável, quer porque os nossos credores nos pedem taxas de juro demasiado altas, quer porque nem sequer estão dispostos a conceder-nos empréstimos. Mas, pelo menos, já temos em andamento as políticas e as orientações que nos podem permitir sair mais cedo desta crise.

Fica em aberto a questão: se Sócrates tivesse sido menos teimoso, já estaríamos fora do radar de risco dos mercados financeiros? Talvez sim. Aquilo que José Sócrates disse no dia 25 de Dezembro podia e devia tê-lo dito em Maio ou, pelo menos, antes do Verão.

IN "JORNAL DE NEGÓCIOS"
27/12/10

5 - RECEITAS


CLIQUE 2XS PARA AMPLIAR

Se quiser saber o início da 1ª receita consulte o 
nº 4 - RECEITAS editado em 16/12/10


ARRANHA CÉUS MODERNÍSSIMOS

video

ALMORRÓIDA PERDULÁRIA


Saúde gastou 21 milhões de euros 
em consultoria que não serviu para nada

Por Alexandra Campos, João d´Espiney

O Serviço de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH) pagou a três consultoras 21 milhões de euros pelo seu contributo na constituição das três unidades de serviços partilhados mas esta estratégia conduziu o serviço a uma "situação financeira crítica".

O Serviço de Utilização Comum dos Hospitais (SUCH) pagou, só a três empresas privadas de consultoria e gestão, mais de 21 milhões de euros até ao final de 2009, um montante quatro vezes superior ao total do prejuízo registado nesse ano por este organismo tutelado pelo Ministério da Saúde. Os valores surgem no relatório final da auditoria do Tribunal de Contas (TC) ao SUCH, a que o PÚBLICO teve acesso, e que volta a ser muito crítico da gestão presidida por Paula Nanita, que foi demitida no final de Junho.

As unidades de serviços partilhados criadas através de agrupamentos complementares de empresas (Somos Pessoas, Somos Contas e Somos Compras), com a participação dos operadores privados CapGemini, Accenture e SGG (Deloitte), "não contribuíram para a redução do défice do Serviço Nacional de Saúde expectável e observado em iniciativas internacionais semelhantes", destaca o TC. A agravar, esta estratégia conduziu a associação "a uma situação financeira crítica, com eventuais consequências na sua própria sobrevivência".

As unidades de serviços partilhados redundaram "numa fuga às regras da concorrência", mas não tiveram a adesão esperada por parte dos associados do SUCH (hospitais públicos, administrações regionais de saúde e misericórdias), reflectindo-se de imediato na deterioração dos seus resultados. Em 2009, o SUCH apresentou resultados líquidos negativos de cinco milhões de euros, lê-se no relatório final da auditoria do TC - cujas conclusões e recomendações são em quase tudo semelhantes às do relatório inicial, ainda sem contraditório. Ontem, o PÚBLICO tentou confrontar Paula Nanita com os resultados definitivos, sem êxito. Na altura, em entrevista ao PÚBLICO, a anterior presidente do conselho de administração do SUCH contestou com veemência estas conclusões.

Na base do agravamento da situação está, defende o TC, a "falta de conhecimento do SUCH e dos parceiros privados sobre as idiossincrasias do sector público da saúde nas áreas de compras, gestão de recursos humanos e gestão financeira e contabilística", além do "excessivo recurso a financiamento bancário" (33,2 milhões de euros, em 2009). O TC põe ainda em causa o facto de o SUCH não ter aberto concurso público para seleccionar os parceiros e ter escolhido a CapGemini, a Accenture e a SGG com base nos seus currículos. Estas foram remuneradas com 4,3 milhões de euros, 9,4 e 7,6 milhões de euros, respectivamente, pelo seu contributo na constituição das três unidades de serviços partilhados.

Central criada sem estudo

Entretanto, face à "falência" desta estratégia, a tutela criou os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), a chamada central de compras da saúde, que herdou os activos e passivos da Somos Pessoas, Somos Contas e Somos Compras. Um organismo que já tem um conselho de administração nomeado e que o ministério acredita possa vir a gerar poupanças de milhões de euros por ano, quando estiver em velocidade cruzeiro. Mas a forma de constituição desta entidade merece também um duro reparo do TC, que solicitou ao gabinete da ministra Ana Jorge os estudos técnicos que demonstram a sua viabilidade e racionalidade económicas. Em 15 de Setembro, lamenta o TC, os estudos que, "de acordo com as regras de boa gestão, deviam ter sustentado a priori a decisão de criação dos SPMS, encontravam-se ainda em elaboração".

O TC recomenda, assim, ao primeiro-ministro que mande fazer um estudo de viabilidade económico-financeira da central de compras e volta a sugerir que altere a natureza jurídica do SUCH, por considerar que a associação não deve continuar a usufruir do estatuto de utilidade pública administrativa.

IN "PÚBLICO"
30/12/10

SINEAD O' CONNOR

ALEMÃES, GENTE ESQUISITA



COMENTÁRIO DE UM TURISTA BRASILEIRO


video

A GARRAFA TÉRMICA


Uma loira entra numa loja e vê uma coisa brilhante.
- O que é isso? - pergunta ela.
- Uma garrafa térmica - responde o vendedor.
- E o que ela faz? - pergunta ela.
O vendedor explica:
- Ela mantém frias as coisas frias e quentes as coisas quentes. A loira compra a garrafa térmica.
No dia seguinte ela a leva para o trabalho. Seu chefe, estranhando esse objeto brilhante, pergunta:
- O que é?
- Uma garrafa térmica - responde ela.
- E o que faz? - pergunta o chefe.
- Mantém quentes as coisas quentes e frias as coisas frias - responde a loira.
O chefe pergunta:
- E o que tem dentro?

A loira, satisfeita, diz:
- Duas xícaras de café e um sumo gelado.

MONTANHAS DE TIANMEM


clique para ver melhor

video

BUG DO CÉREBRO...



Eu sou diferente!!!


Sou Diferente? Faça o teste.
Alguma vez já se perguntaram se somos mesmo diferentes ou se pensamos a mesma coisa? Façam este exercício de reflexão e encontrem a resposta!!!


Siga as instruções e responda as perguntas uma de cada vez MENTALMENTE e tão rápido quanto possível mas não siga adiante até ter respondido a anterior.
E surpreendam-se com a resposta!!!



Agora, responda uma de cada vez:



Quanto é:
15+6


...21...


3+56


...59...



89+2


...91...


12+53


...65...


75+26


...101...


25+52



...77...



63+32



...95...


Sim, os cálculos mentais são difíceis mas agora vem o verdadeiro teste.Seja persistente e siga



123+5



...128...


RÁPIDO!
PENSE EM UMA FERRAMENTA E UMA COR!




.....



E siga adiante...




......



Mais um pouco...



.......



Um pouco mais...



.......



Pensou em um martelo vermelho, não é verdade???
Se não, você é parte de 2% da população que é Suficientemente diferente para pensar em outra coisa. 98% da população responde martelo vermelho quando resolve este exercício.
Seja qual for a explicação para isso, mandem para seus amigos para que vejam se são normais ou não!!!




5 - OH NÃO!!!

TENHA UM BOM DIA............



...que o ano está no fim, 
                     a crise não!!!!!

COMPRE JORNAIS

EXCELENTE MEDIDA
Cobrados 414 milhões em dívida 
à Segurança Social até Novembro
A Segurança Social cobrou até Novembro 414 milhões de euros de dívida, ultrapassando em 3,5% a meta fixada para todo o ano, que era a recuperação de 400 milhões de euros.
"Em Novembro, conseguimos superar a meta prevista para 2010 que era a recuperação de 400 milhões de euros de dívida", disse o vice-presidente do Instituto de Gestão Financeira da Segurança Social, citado pela Agência Lusa, perspectivando fechar o ano com uma cobrança superior a 450 milhões de euros.
Segundo dados fornecidos pela instituição, Novembro, em que a dívida cobrada ascendeu a 43,4 milhões, foi o melhor mês de sempre ao nível da cobrança na Segurança Social, representando um acréscimo de 287% face à cobrança de dívida mensal verificada em 2005.
Em declarações à Lusa, Nelson Ferreira defendeu que "houve dois factores essenciais em termos estratégicos que contribuíram para este objectivo: a participação automática da dívida no prazo de 90 dias e o lançamento do 'Programa Viável+', que permitiu a cerca de 60 mil empresas estabelecer acordos para o pagamento faseado de dívidas".
"JORNAL DE NOTÍCIAS"

NEGÓCIOS
Di María já é a maior transferência 
do futebol português
A partida de Angel di María do Benfica para o Real Madrid aconteceu no Verão, mas os cofres da Luz continuam a receber dividendos com a sua transferência, uma das mais badaladas do último defeso: face aos objectivos que na altura ficaram inscritos no contrato que selou a sua ida para a equipa de José Mourinho, o Benfica já recebeu, no total, 33 milhões de euros.
"A BOLA"

ESTES DESEMPREGADOS DESCONTARAM MAIS QUE OS OUTROS
Desempregados que recebem além 
do salário mínimo vão pagar taxas
Os desempregados com rendimento superior ao salário mínimo nacional vão começar a pagar taxas moderadoras a partir de 1 de Janeiro do próximo ano, estipula uma portaria publicado no ‘Diário da República’.
A existência de novas regras já era conhecida desde Junho, mas não se sabia qual o limite máximo do rendimento a partir do qual os utentes do Serviço Nacional de Saúde (SNS) vão passar a pagar as taxas moderadoras.
O diploma, publicado na terça-feira, estabelece também que os reformados que recebam rendimentos acima dos 485 euros vão deixar de ter acesso gratuito aos cuidados prestados pelo SNS, tendo que pagar taxas moderadoras.
A medida abrange os cônjuges e filhos menores desde que sejam dependentes, tanto no caso dos desempregados inscritos nos centros de emprego, como os pensionistas.
Para os pensionistas continuarem a beneficiar do regime especial de comparticipação de medicamentos, terão de provar que a soma dos rendimentos do agregado familiar, dividida pelo número de pessoas, não ultrapassa os 14 salários mínimos (6790 euros).
O diploma entra em vigor a 1 de Janeiro de 2011 e vem adaptar a nova lei da condição de recursos aos beneficiários dos apoios na saúde, nomeadamente quanto à isenção das taxas moderadoras e na comparticipação de medicamentos.
As taxas moderadoras representam cerca de 1 por cento do total dos gastos da Saúde, e recomeçaram no princípio desta década a ser actualizadas em função da inflação.
"CORREIO DA MANHÃ"

PREOCUPANTE
Mortalidade infantil tem maior subida desde 1985
Portugal inverteu de forma abrupta a tendência favorável que vinha registando ao nível da mortalidade infantil, um dos indicadores em que o País vem pontuando melhor em comparação com outras nações do mundo desenvolvido.
De 2008 para 2009, a taxa que indica o número de crianças, por cada mil que nascem, que morrem antes de concluir um ano de idade, subiu três décimas para 3,6, em resultado de um acréscimo de 18 óbitos, de acordo com os dados ontem publicados pelo INE no relatório “Indicadores Sociais”.
O director-geral de Saúde, Francisco George, considera que a maior subida dos últimos 24 anos “é um dado que não pode ser ignorado” e que a Direcção-Geral de Saúde tem neste momento duas unidades a analisar os 363 casos de crianças com menos de um ano que morreram em 2009.
"JORNAL DE NEGÓCIOS"

E O CONSUMO NÃO SE PROÍBE????
Caixas de pagamento self-service facilitam venda 
ilegal de alcool a menores, refere a ASAE
O inspetor-geral da Autoridade de Segurança Alimentar Económica (ASAE) admite que as caixas de pagamento self-service nas grandes superfícies comerciais facilitam a compra de álcool por menores de 16 anos, apesar de esta ser ilegal.
Para António Nunes, a compra de álcool nestas caixas é mais fácil do que numa "caixa normal", porque há apenas uma pessoa a vigiar várias caixas e com outras preocupações, nomeadamente assegurar que todos os produtos sejam devidamente pagos.
Esta é apenas uma das várias dificuldades que a ASAE encontra diariamente na fiscalização do consumo de álcool por menores, sendo que da sua responsabilidade apenas é a aquisição por menores de 16 anos.
"Estamos atentos ao fenómeno da venda de álcool a menores de 16 anos", garantiu António Nunes, que não esconde as dificuldades nesta matéria.
"É proibida a venda, não o consumo", disse, sublinhando que a única coisa que os inspetores da ASAE podem fazer quando encontram menores de 16 anos a consumir álcool é comunicar o caso aos pais.
Para António Nunes, "o consumo tem a ver com a educação familiar, já que o que está penalizado fortemente é a venda".
A ASAE considera que a maioria dos estabelecimentos tenta cumprir a lei, no que diz respeito à proibição da venda a menores de 16 anos.
O inspetor-geral garante que a ASAE realiza operações com muita frequência: "Quase todas as sextas feiras vamos à zona de Santos". Sobre o que encontra, António Nunes diz que, em muitos casos, os jovens que aparentam ou dizem ter mais de 16 anos, afinal não têm.
"i"

IMPORTANTE PREVENIR
Vacinação contra a gripe aumentou este ano em idosos, doentes crónicos e profissionais de risco
Quase 65 por cento dos portugueses com mais de 65 anos vacinou-se este ano contra a gripe, tendo aumentado também o número de doentes crónicos e de profissionais de risco que levaram a vacina.
Estas são as principais conclusões do “Vacinómetro 2010”, uma iniciativa da Sociedade Portuguesa de Pneumologia e da Associação Portuguesa de Médicos de Clínica Geral, que monitoriza em tempo real a vacinação contra a gripe.
Em declarações à agência Lusa, o pneumologista Filipe Froes explicou que os indicadores permitem concluir que houve um aumento da adesão à vacinação por parte de todos os grupos prioritários, mais evidente nos doentes crónicos e nos profissionais de risco.
Em relação aos doentes crónicos, a vacinação atingiu 48,8 por cento, quando no ano passado se tinha ficado pelos 33 por cento.
Na população idosa, a percentagem foi este ano de 64,7 por cento, quando em 2009 não tinha chegado aos 60 por cento.
Filipe Froes recordou que o objectivo da União Europeia é alcançar, em 2014, uma taxa de vacinação na população com mais de 65 anos de 75 por cento. “O trabalho mais difícil está em manter boas coberturas vacinais nos doentes crónicos e nos profissionais de risco. Mas onde vamos ser avaliados é na cobertura dos idosos. Isso é o objectivo primordial”, comentou o médico.
"PÚBLICO"

OXALÁ SEJA SUSPEITA INFUNDADA
Obikwelu pode ter tentado "fintar" controlo
O jornal espanhol "El País" noticia esta quinta-feira que as escutas levadas a cabo pelo Guarda Civil a Manuel Páscua, no âmbito da Operação Galgo, podem envolver Francis Obikwelu.
O velocista português terá alegadamente telefonado ao técnico detido no passado dia 9, acusado de administração de doping, a dizer que ia ser controlado e que não sabia o que fazer.
Na chamada, a Guarda Civil espanhola refere um atleta com sotaque africano que não sabia como contornar o controlo.
Numa outra ligação, a mulher de Páscua, também treinadora, avisa o marido: "Francis ligou porque vai ser controlado".
"RECORD"

SR MINISTRO TENHA VERGONHA E APRENDA
Empresas cortam mais no 
endividamento do que o Estado
Os dados do INE mostram que o esforço das empresas para reduzir dívida foi 10 vezes superior ao do Estado.
Em 12 meses, as empresas fizeram um esforço 10 vezes maior do que o Estado para reduzir o seu endividamento. Os dados divulgados ontem pelo Instituto Nacional de Estatística mostram que as necessidades de endividamento das empresas caíram para 5,7% do PIB, enquanto o défice do Estado continua nos 9,4%.
No ano terminado em Setembro - que inclui ainda o último trimestre de 2009 - o défice do total da economia caiu para 8,4% do PIB, mas foram os privados quem deu o maior contributo. As empresas não financeiras abateram 907,6 milhões de euros às suas necessidades líquidas de financiamento, quando comparadas com o ano terminado em Junho. No mesmo período, as administrações públicas reduziram o défice em 87 milhões de euros.
"DIÁRIO ECONÓMICO"

 NÃO SE ENTENDEM E NÓS PAGAMOS-LHES O ORDENADO
Alterações pedidas pela PSP 
atrasaram entrega de blindados
A PSP ordenou um vasto conjunto de alterações aos blindados, que implicou um atraso na conclusão dos veículos de 15 dias. Agora, o Governo Civil desautoriza a polícia.
Dez dias depois de assinar o contrato com o Governo Civil de Lisboa para fornecer seis blindados à PSP, no dia 15 de Novembro de 2010, a empresa Milícia recebeu um ofício da Direcção Nacional desta força de segurança a pedir para serem executadas várias alterações aos quatro veículos que ainda estavam na fábrica do Canadá. Dois já tinham sido entregues, um a 22, outro a 28.
A empresa informou as autoridades das implicações que essas mudanças acarretariam no prazo para a conclusão das viaturas - duas semanas. O DN teve acesso a todos os documentos que comprovam este processo.
Mas agora, o governador civil, António Galamba, vem desautorizar a hierarquia da PSP, entidade que assumiu a responsabilidade técnica do processo, com a aprovação do ministro da Administração Interna. O ministro Rui Pereira deu conta publicamente da "responsabilidade técnica" da PSP pelo processo de aquisição dos blindados. Aliás, o director nacional da PSP, Oliveira Pereira, sempre acompanhou o ministro nas três ocasiões em que este foi ao parlamento responder às dúvidas dos deputados sobre a polémica aquisição.
No entanto, António Galamba disse ao DN que "a única entidade que tinha legitimidade para autorizar alterações era o Governo Civil". Questionado sobre se esta posição reflecte uma desautorização às ordens da PSP, este responsável responde que "não é, nem deixa de ser", acrescentando que não vai "falar mais sobre esta novela".
Contactada pelo DN, a Direcção Nacional da PSP não respondeu às questões colocadas, designadamente se assumia responsabilidade pelo atraso na entrega dos blindados. O Ministério da Administração Interna assumiu o mesmo comportamento.
"DIÁRIO DE NOTÍCIAS"

NO QUARTO TOMBA
Poupança das famílias 
caiu no terceiro trimestre
Observa-se 'uma redução da capacidade de financiamento do setor das famílias', no terceiro trimestre do ano.
A taxa de poupança das famílias fixou-se em 10,6 por cento no ano acabado no terceiro trimestre de 2010, menos 0,2 pontos percentuais no trimestre anterior, indicou ontem o Instituto Nacional de Estatística (INE).
De acordo com o boletim das Contas Nacionais Trimestrais relativas a 2010, observa-se no terceiro trimestre 'uma redução da capacidade de financiamento do setor das famílias, cujo peso no Produto Interno Bruto (PIB) se situou em 4,6 por cento', contra 4,8 por cento do PIB no trimestre anterior.
A evolução e sobretudo justificada pela quebra na taxa de poupança a qual 'cresceu significativamente', desde 2008, atingindo 11,3 por cento no primeiro trimestre do ano, mas que iniciou uma redução nos trimestres seguintes, fixando-se em 10,6 por cento no terceiro trimestre', salienta o INE.
A evolução negativa da taxa de poupança verifica-se desde o segundo trimestre do ano, esclarece o INE, adiantando que a quebra registada no terceiro trimestre reflete 'o aumento das despesas de consumo final', das famílias.
'Este crescimento das despesas de consumo das famílias suplantou o aumento mais moderado do rendimento disponível das famílias', esclarece.
"O PRIMEIRO DE JANEIRO"